Novos aprovados no auxílio emergencial poderão receber quantas parcelas?

Alguns brasileiros estão sendo aprovados nesses últimos dias para receber o auxílio emergencial, e a dúvida de todos eles é: vou receber três ou cinco parcelas? Saiba aqui.

Novos aprovados no auxílio emergencial poderão receber quantas parcelas?
Novos aprovados no auxílio emergencial poderão receber quantas parcelas? (Imagem: FDR)

Todos os beneficiários do auxílio emergencial terão direito a cinco pagamentos, mesmo se a sua aprovação tenha sido feita depois.

O prazo para solicitar o benefício acabou no dia 2 de julho, apesar disso os pagamentos continuam sendo realizados. 

De acordo com o Ministério da Cidadania, aqueles que forem aprovados vão receber todas as parcelas do auxílio emergencial, até as de prorrogação do auxílio.

Inicialmente, seriam realizados o pagamento de 3 parcelas de R$600 ou de R$1.200, mas por conta da pandemia ter se estendido por mais tempo o governo decidiu prolongar também o pagamento do auxílio.

Os dois pagamentos foram anunciados no final do mês de junho. O ministro da Economia, Paulo Guedes, junto com o presidente da república, Jair Bolsonaro, divulgaram o valor total de R$1.200 por inscrito. 

Mas, esta quantia não será paga integralmente, mas parcelada entre os meses de julho e agosto. Com uma cota de R$300, duas de R$100, e uma de R$500. Aqueles que fizeram o pedido no último dia, terão a sua solicitação enviada para análise. 

O banco informou ainda que o site e o aplicativo do auxílio emergencial, disponível para iOS e Android, permanecerão disponíveis para acompanhamento do resultado da análise e informações sobre os crédito das parcelas, “bem como para registro de contestações ou novas solicitações nos casos em que o motivo da não habilitação permitir tais ações”.

Mesmo tendo recebido as últimas parcelas de R$600, o governo pode parar de pagar o auxílio para o cidadão. se o cruzamento de dados informar que o dinheiro está sendo pago para as pessoas de forma indevida.

Isso pode acontecer caso o trabalhador deixe de cumprir alguns requisitos,como passar a ter um trabalho de carteira assinada, ou aumentar o valor da sua renda mensal. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.