FGTS emergencial libera pagamentos dia 29; tire TODAS as suas dúvidas!

 

PONTOS CHAVES

  • O calendário de pagamento do saque emergencial do FGTS vai começar em 29 de junho
  • O cronograma segue o mês de nascimento do trabalhador
  • Cada trabalhador vai poder sacar R$1.045 mesmo que possua contas com saldo mais alto.

A partir do dia 29 de junho, o governo vai fazer os pagamentos do saque emergencial do FGTS de até R$1.045, das contas ativas ou inativas. Esse calendário segue o mês de nascimento do trabalhador. 

FGTS emergencial libera pagamentos dia 29; tire TODAS as suas dúvidas!
FGTS emergencial libera pagamentos dia 29; tire TODAS as suas dúvidas! (Imagem FDR)

Quem pode sacar o FGTS 2020?

Poderão fazer os saques os trabalhadores que tenham dinheiro disponível em seu fundo. Vale para contas ativas, do emprego atual, ou inativas, de empregos anteriores que depositaram no FGTS. 

Qual valor?

O valor a ser retirado pelos trabalhadores não poderá passar de R$1.045, para cada um.

Se, por exemplo, a pessoa possuir mais de uma conta, pode somar o valor individual dos fundos até que o resultado dê R$1.045. Não é possível receber mais do que isso.

Qual as datas de depósito?

FGTS emergencial libera pagamentos dia 29; tire TODAS as suas dúvidas!
FGTS emergencial libera pagamentos dia 29; tire TODAS as suas dúvidas! (Foto: FDR)

O calendário de pagamento vai se iniciar no dia 29 de junho e o dinheiro será depositado na Conta Poupança Social Digital, que será aberta de forma automática pela Caixa, para os trabalhadores.

Os saques do dinheiro e as transferências só poderão ser realizados a partir do dia 25 de julho para os que nasceram em janeiro. O calendário seguirá os meses de nascimento em dias alternados para evitar que os trabalhadores se aglomeram nas agências.

Calendário de saque emergencial do FGTS

Mês de nascimento Crédito em conta poupança Saque ou transferência
Janeiro 29 de junho 25 de julho
Fevereiro 6 de julho 8 de agosto
Março 13 de julho 22 de agosto
Abril 20 de julho 5 de setembro
Maio 27 de julho 19 de setembro
Junho 3 de agosto 3 de outubro
Julho 10 de agosto 17 de outubro
Agosto 24 de agosto 17 de outubro
Setembro 31 de agosto 31 de outubro
Outubro 8 de setembro 31 de outubro
Novembro 14 de setembro 14 de novembro
Dezembro 21 de setembro 14 de novembro

 

Como consultar o valor?

O saldo pode ser consultado por meio do do site fgts.caixa.gov.br ou por meio do Disque 111. 

A partir desta sexta-feira (19), essa consulta poderá ser feita também pelo aplicativo FGTS e pelo Internet Banking da Caixa.

Na consulta pelo aplicativo ou site, o trabalhador poderá escolher e não retirar o saque, ou ainda devolver o valor para a sua conta do FGTS, se o crédito já tiver sido realizado. 

Aplicativo FGTS 

O trabalhador pode consultar o FGTS no celular por meio de aplicativo para smartphones. Primeiro é preciso baixar o aplicativo, que está disponível para Android e IOS.

Depois é só informar o NIS (PIS/Pasep), ou CPF, e a senha cadastrada pelo próprio trabalhador no uso da Senha Cidadão. 

Por e-mail

No site da Caixa, o trabalhador pode fazer a opção de passar a receber e-mail com informações sobre o depósito mensal na conta vinculada ao FGTS.

Por SMS

No site, o trabalhador pode fazer a opção de passar a receber avisos por SMS com informações sobre o depósito mensal na conta vinculada ao FGTS

Porém, aqueles que escolherem essa opção deixam de receber o extrato bimestral em papel em casa, mas o extrato anual continua sendo enviado normalmente.

Como receber?

A Caixa vai fazer o pagamento pela conta poupança digital. Essa poupança é uma modalidade simplificada, que é aberta para quem recebe benefícios do governo, porém a conta tem um limite de saldo e movimentação.

De acordo com a Medida provisória que autorizou que o pagamento fosse feito por essa conta, o limite mensal de movimentação para essa modalidade de poupança foi ampliado de R$ 3 mil para R$ 5 mil.

A conta é aberta automaticamente pelo banco para todos que tem direito ao saque. A movimentação do dinheiro poderá ser feita pelo aplicativo “Caixa TEM”.

De acordo com o governo, o objetivo dessa conta é agilizar os pagamentos e evitar aglomerações em meio a pandemia que estamos vivendo com o coronavírus.

Tenho mais de uma conta poderei sacar mais?

Não. O governo definiu regras diferentes do saque imediato que se iniciou no ano passado. 

Agora, o dinheiro é liberado pelo total de contas, nenhum dos trabalhadores pode sacar mais de R$1.045,mesmo que sua conta tenha saldos maiores que isso.

Sou obrigado a sacar o dinheiro?

Não. A partir de hoje, sexta-feira (19), no aplicativo do FGTS terá a opção para aqueles que não desejam sacar o FGTS. Essa comunicação para a Caixa deve acontecer 10 dias antes da data que o crédito vai ser depositado na poupança social, que será aberta para todos os participantes do fundo. 

Caso o trabalhador perca o prazo, esse crédito vai ser depositado, mas ainda assim é possível pedir pelo aplicativo o desfazimento do depósito. 

Ao fazer essa solicitação, os valores retornarão à conta do FGTS devidamente corrigidos. Isso, pois,a rentabilidade do FGTS é 3% ao ano. 

Se o desfazer do depósito não for realizado, o dinheiro permanecerá na conta social até o dia 30 de novembro de 2020. 

Depois dessa data, o valor será devolvido à conta do fundo com a devida remuneração no período. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA