publicidade

Começa hoje (1), o pagamento da terceira etapa do saque-aniversário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) através da Caixa Econômica. Neste mês de junho recebem 908,6 mil trabalhadores que nasceram entre maio e junho, e que optaram pelo saque-aniversário. O montante pago será de R$1,2 bilhão.

Saque aniversário do FGTS libera pagamento para aniversariantes de maio e junho
Saque aniversário do FGTS libera pagamento para aniversariantes de maio e junho (Imagem: FDR)
publicidade

Atualmente, são cerca de 4,7 milhões de trabalhadores que optaram pela nova modalidade do FGTS. O saque-aniversário consiste em receber todos os anos, no mês de aniversário do trabalhador, uma parcela do FGTS.

Porém ao aderir, o fundo de garantia em caso de demissão sem justa causa não será pago. O prazo para quem quiser retornar ao saque-rescisão após a mudança, é de no mínimo dois anos.

Cronograma de pagamento

O pagamento segue um calendário organizado pela Caixa. O prazo para aderir a esta modalidade termina no último dia do mês de aniversário do trabalhador.

Para nascidos entre janeiro e maio, meses que já foram finalizados, os que não optaram pela medida somente conseguirão o benefício em 2021.

Mês de aniversário Mês de saque
Janeiro Abril a Junho de 2020
Fevereiro Abril a Junho de 2020
Março Maio a Julho de 2020
Abril Maio a Julho de 2020
Maio Junho a Agosto de 2020
Junho Junho a Agosto de 2020
Julho Julho a Setembro de 2020
Agosto Agosto a Outubro de 2020
Setembro Setembro a Novembro de 2020
Outubro Outubro a Dezembro de 2020
Novembro Novembro a Janeiro de 2021
Dezembro Dezembro a Fevereiro de 2021

Funcionamento

Quando o trabalhador opta pelo saque-aniversário ele precisa escolher uma data para receber o seu dinheiro: dia 1º ou dia 10 do mês de seu aniversário. Os pagamentos realizados no dia 10, são acrescidos de juros e correção monetária.

Ao aderir, o trabalhador pode sacar um percentual do saldo de todas as contas do FGTS, ativas e inativas, que estiverem em seu nome. Além disso, será pago um adicional fixo, de acordo com o saldo da conta.

O valor a ser sacado varia de 50% do saldo sem parcela adicional para contas de até R$ 500 até 5% do saldo e adicional de R$ 2.900 para contas com mais de R$ 20 mil.

Os trabalhadores que optarem pelo saque-aniversário não poderão sacar o total da conta por motivo de demissão, mas têm direito a todas as demais modalidades de saque, que incluem a multa rescisória, por exemplo.

Já os demais saques ficam mantidos, como para a compra da casa própria, doenças graves, aposentadoria e outros casos que já estão previstos anteriormente na lei.

Como aderir ao saque aniversário FGTS

Para aderir a modalidade, os trabalhadores precisam acessar o site da Caixa ou pelo aplicativo Caixa FGTS (Google Play e App Store).

Caso o trabalhador também seja cliente Caixa (conta corrente, conta poupança), poderá acessar também pela opção FGTS e Serviços ao Cidadão dentro do Internet Banking Caixa 

COMENTÁRIOS

Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.

VEJA TAMBÉM