Bolsa Família: ESTE grupo recebe segunda parcela dos R$600 nesta segunda-feira!

Beneficiários do Bolsa Família começam a receber valores do auxílio emergencial. A partir desta segunda-feira (18), os inscritos no projeto social do governo deverão sacar os R$ 600 ofertados pelo coronavoucher. O pagamento está sendo ministrado pela Caixa Econômica Federal e deverá ser retirado dentro de um prazo de até 60 dias. Inicialmente, terão acesso a quantia aqueles que têm o último dígito do NIS igual a 1.  

Bolsa Família: ESTE grupo recebe segunda parcela dos R$600 nesta segunda-feira! (Imagem: Reprodução - Google)
Bolsa Família: ESTE grupo recebe segunda parcela dos R$600 nesta segunda-feira! (Imagem: Reprodução – Google)

As retiradas estão ocorrendo para os que estiverem inscritos no Bolsa Família, desde que não tenham registro em carteira de trabalho.

Em meses normais, o valor do saque varia de acordo com a situação de cadastro de cada um, levando em consideração os reajustes aplicados por quantidade de dependentes, faixa etária dos mesmos, renda, entre outros critérios avaliados pelo Ministério da Cidadania.  

No caso de abril, maio e junho, meses em que estão sendo repassados os recursos do auxílio emergencial, vale o salário que for mais vantajoso financeiramente para o cidadão.

Por exemplo, se no Bolsa Família ele recebe mais que R$600, seu salário sera mantido. Quem recebe menos que isso, terá direito ao benefício maior.

Sobre o auxílio emergencial para o Bolsa Família 

O pagamento foi aprovado como uma forma de conter os efeitos do novo coronavírus. Para quem está inscrito no Bolsa Família o recebimento é automático, desde que cumpram as regras de renda e sejam trabalhadores sem vínculo empregatício.

De acordo com o texto da MP, o grupo não precisa nem ao mesmo solicitar o benefício, tendo em vista que já estão com os dados registrados no Cadastro Único comprovando a situação de vulnerabilidade social. 

Desse modo, basta apenas conferir o app do Bolsa Família e calcular o valor do acréscimo. O teto do pagamento é de R$ 600 e R$ 1.200 para mães solteiras. Isso significa que, quem recebe, por exemplo, R$ 400 mensais do projeto, contará com um adicional de R$ 200 para chegar à quantia do auxílio emergencial.  

Caso o recebimento não ocorra de forma correta, os cadastrados precisam entrar em contato com o Ministério da Economia pelo site, aplicativo ou centrais de atendimento telefônicas e verificar os motivos do entrave. Se recebeu, nos últimos meses, as bolsas do governo e não há erros no seu cadastro, o pagamento deve ser aprovado.  

Calendário de pagamento 

Os saques em dinheiro ocorrerão conforme o último número do NIS (Número de Identificação Social): 

  • NIS 1: 18 de maio 
  • NIS 2: 19 de maio 
  • NIS 3: 20 de maio 
  • NIS 4: 21 de maio 
  • NIS 5: 22 de maio 
  • NIS 6: 25 de maio 
  • NIS 7: 26 de maio 
  • NIS 8: 27 de maio 
  • NIS 9: 28 de maio 
  • NIS 0: 29 de maio 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA