PIS/PASEP faz ÚLTIMO pagamento no dia 29; veja quem pode receber e quais as regras

PONTOS CHAVES

  • O saque do PIS/Pasep foi adiantado por conta da crise do coronavírus
  • A data limite é de 29 de maio e não mais 30 de junho
  • Tem direito de receber aqueles que trabalharam com carteira assinada no ano de 2018

Neste mês de maio, o governo vai realizar o último pagamento do abono salarial PIS/PASEP, a data final é o dia 29 de maio. Poderão retirar o dinheiro aqueles que trabalharam com carteira assinada no ano de 2018.

PIS/PASEP faz ÚLTIMO pagamento no dia 29; veja quem pode receber e quais as regras
PIS/PASEP faz ÚLTIMO pagamento no dia 29; veja quem pode receber e quais as regras (Imagem: FDR)

O calendário teve início em julho do ano passado e o prazo final de saque seria até 30 de junho. Mas, devido a pandemia, achou melhor adiantar esse crédito em um mês, finalizando no dia 29 de maio.

O governo anunciou no início do mês passado que irá transferir o saldo não sacado do PIS/Pasep para o FGTS, a fim de permitir novos saques no fundo de garantia.

Essa medida também faz parte do pacote de ajuda para minimizar os impactos da crise por conta do coronavírus. 

O abono salarial é depositado para os trabalhadores de baixa renda e é considerado um 14º salário. O governo estima um impacto de R$21,5 bilhões aos cofres públicos com o pagamento do benefício.   

Podem receber o abono salarial aqueles que receberam até dois salários mínimos mensais com carteira assinada, e exerceram atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2018.

É necessário ainda estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Valor do PIS/PASEP

O valor pago pode chegar a um salário mínimo, ou seja, R$1.045 e é proporcional ao número de meses trabalhados no ano anterior.

Quem trabalhou pelo período de 12 meses, receberá um salário mínimo, quem trabalhou menos vai receber quantia proporcional.

Por exemplo, dois meses de serviço equivalem a 2/12 do piso nacional (R$1.045), três meses 3/12 e assim por diante.

O PIS, pago para os trabalhadores da iniciativa privada é intermediado pela Caixa Econômica Federal. Quem tem conta poupança recebe o seu dinheiro de forma automática. 

Aqueles que não são clientes do banco devem possuir Cartão do Cidadão e senha cadastrada, dirigindo-se aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica para o saque.

Se não tiver o Cartão do Cidadão, pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação.                                 

Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone 0800-726-02-07 da Caixa. O trabalhador pode fazer uma consulta ainda no site www.caixa.gov.br/PIS, em Consultar Pagamento. Para isso, é preciso ter o número do NIS (PIS/Pasep) em mãos. 

Já para os PASEP, que é destinado aos servidores públicos, militares e empregados de empresas públicas. O dinheiro é pago pelo Banco do Brasil, o dinheiro é creditado automaticamente nas contas correntes ou poupanças.

Quem não tem conta no banco é preciso apresentar documento de identificação com foto. Caso isso não tenha ocorrido, é necessário procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Para mais informações ligue para o telefone 0800-729 00 01, ou acesse o site do banco

O que acontece se não sacar

Os técnicos do governo decidiram que o que não for sacado vai ser repassado para o fundo do FGTS, além dos R$14 bilhões que não foram retirados no saque imediato do fundo.

No começo, os técnicos pretendiam aguardar o encerramento do exercício do Fundo do Pis/Pasep, no dia 30 de junho, para autorizar a nova rodada de saque do FGTS, porém, diante do agravamento da crise a ordem dada foi de acelerar os trabalhos. 

Onde realizar o saque

Por conta da pandemia causada por conta do coronavírus, o governo está pedindo para que os trabalhadores façam a movimentação do dinheiro por meio do aplicativo dos bancos para evitar que aconteçam aglomerações nas agências e assim disseminar o vírus.

As agências da Caixa estão com horário estendido de atendimento para que possam ser realizadas algumas operações, como saque do abono salarial e do auxílio emergencial. Nestes casos, os beneficiários podem comparecer ao banco entre 8h e 14h.

PIS/PASEP 2020-2021

Começa em julho a liberação do abono referente ao trabalho em 2019, o benefício tem como valor máximo R$1.045.

Calendário PIS

Nascidos em Recebem a partir de Recebem até
Julho 16/7/2020 30/6/2021
Agosto 18/8/2020 30/6/2021
Setembro 15/9/2020 30/6/2021
Outubro 14/10/2020 30/6/2021
Novembro 17/11/2020 30/6/2021
Dezembro 15/12/2020 30/6/2021
Janeiro 19/1/2021 30/6/2021
Fevereiro 19/1/2021 30/6/2021
Março 11/2/2021 30/6/2021
Abril 11/2/2021 30/6/2021
Maio 17/3/2021 30/6/2021
Junho 17/3/2021 30/6/2021

 

PASEP:

Final da inscrição Recebem a partir de Recebem até
0 16/7/2020 30/6/2021
1 18/8/2020 30/6/2021
2 15/9/2020 30/6/2021
3 14/10/2020 30/6/2021
4 17/11/2020 30/6/2021
5 19/1/2021 30/6/2021
6 e 7 11/2/2021 30/6/2021
8 e 9 17/3/2021 30/6/2021

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

PIS/PASEP faz ÚLTIMO pagamento no dia 29; veja quem pode receber e quais as regras

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA