2ª via IPTU 2020: passo a passo COMPLETO para emitir e pagar boleto

Pagamento do IPTU é modificado por causa do coronavírus. Com a necessidade do isolamento social, diversas regiões do país precisaram readaptar a forma de pagamento do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) 2020. A redução das atividades nas agências bancárias e unidades das Casas Lotéricas fizeram com que muitos municípios aderissem à prestação de contas digitais. Confira no texto abaixo como quitar seu tributo sem precisar sair de casa.  

2ª via IPTU 2020: passo a passo COMPLETO para emitir e pagar boleto (Imagem: Reprodução - Google)
2ª via IPTU 2020: passo a passo COMPLETO para emitir e pagar boleto (Imagem: Reprodução – Google)

Para aqueles que não conseguiram receber o carnê do imposto, o procedimento é simples. É preciso se informar na sua cidade, a segunda via do documento está disponível no site da Prefeitura. 

Como gerar o carnê digital do IPTU 2020

Para quem mora em Recife, por exemplo, o procedimento é simples. Basta ir até o site da prefeitura, selecionar a opção serviços e ir até a parte de tributações. Nela, o usuário deverá clicar na opção IPTU – Emissão de Boletos e informar o número de registro do imóvel. Esses dígitos estão presentes na documentação de posse do terreno ou em contratos de locação, por exemplo.  

Com a numeração em mãos, é só repassar para o servidor e confirmar a solicitação. No portal, aparecerá duas modalidades de pagamento. A primeira é a cota única, na qual apresenta o valor total do imposto para o ano de 2020. A segunda é dívida em 10 parcelas, onde a quantia é distribuída mensalmente.  

Para as parcelas vencidas, é importante ir até o site e gerar uma nova versão, pois ao estipular o prazo determinado seu código de barras fica inválido.

Com o documento renovado, basta copiar os números e aplica-los nos internet banks das instituições financeiras ou então usar os apps da mesma para rastrear o código.  

Ausência nos pontos físicos  

É importante lembrar que, durante o período da pandemia, não é necessário ir até as unidades bancárias. Instituições como o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal estão com as agências sobrecarregadas por causa de pagamentos como o auxílio emergencial, FGTS, seguro desemprego, INSS e Bolsa Família.  

Então, visando evitar o risco de contágio, o ministério da saúde e demais órgãos públicos solicita que as tributações sejam quitadas online. Em caso de dúvidas, basta entrar em contato (por telefone) com as centrais de atendimento de sua região. 
 

 

Eduarda AndradeEduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.