2ª parcela do auxílio emergencial: TUDO o que se sabe sobre o próximo pagamento

PONTOS CHAVES

  • 2ª parcela do auxílio emergencial havia sido adiantada
  • A falta de recursos fez o governo recuar nessa decisão
  • Ainda não foi definido como será o pagamento dessa segunda parcela

Inicialmente, os pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial estava previsto para começar nesta segunda-feira, 27 de abril. Mais tarde, Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal e Onyx Lorenzoni, Ministro da Cidadania, vieram a público para anunciar a antecipação deste pagamento

2° parcela do auxílio emergencial: TUDO o que se sabe sobre o próximo pagamento
2° parcela do auxílio emergencial: TUDO o que se sabe sobre o próximo pagamento (Foto:FDR)

No começo de março, ao apresenta os detalhe do programa de pagamento, o governo informou que a segunda parcela seria paga entre os dias 27 e 30 de abril para aqueles que estavam inscritos no Cadastro Único, e os que se cadastraram por meio do aplicativo e do site do programa.

Na última segunda-feira (20), o presidente da Caixa havia anunciado que o pagamento da segunda parcela seria antecipado, mas dois dias depois, o Ministério da Cidadania voltou atrás e informou que não seria possível adiantar o pagamento.

De acordo com a Caixa, o banco está preparado para realizar o pagamento do crédito, mas está aguardando a liberação de recursos orçamentários e de um novo calendário que será disponibilizado pelo Ministério da Cidadania. 

Na noite da última sexta-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro editou uma medida provisória, que abriu o crédito extraordinários de R$25,720 bilhões em favor do Ministério da Cidadania para atender os pagamento do auxílio. 

O pagamento está sendo realizado em três calendários

1. Beneficiários do Bolsa Família

Quem já recebe o Bolsa Família não precisa realizar o cadastro para receber o benefício.

Os trabalhadores que se enquadrarem nas regras receberão o auxílio individual pelo mesmo meio em que recebem o Bolsa Família, esses receberão o benefício que for mais vantajoso.

Pagamentos seguem o calendário do Bolsa Família:

  • Primeira parcela nos últimos dez dias úteis de abril
  • Segunda parcela nos últimos dez dias úteis de maio
  • Terceira parcela nos últimos dez dias úteis de junho

2. Trabalhadores inscritos no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família

Os inscritos no CadÚnico, mas que não recebem o Bolsa Família, também não precisaram se inscrever.

Primeira parcela – foi paga a partir de 9 de abril para quem tem conta no BB ou poupança na Caixa, e a partir de 14 de abril para quem não tem conta nesses bancos.

Para a segunda parcela, a Caixa chegou a anunciar a antecipação do pagamento, mas o Ministério da Cidadania informou que o governo não conseguiria antecipar. O calendário original previa pagamento nas seguintes datas:

  • 27 de abril para nascidos de janeiro a março;
  • 28 de abril para nascidos de abril a junho;
  • 29 de abril para nascidos de julho a setembro;
  • 30 de abril para nascidos de outubro a dezembro

Terceira e última parcela:

  • 26 de maio para nascidos de janeiro a março
  • 27 de maio para nascidos de abril a junho
  • 28 de maio para nascidos de julho a setembro
  • 29 de maio para nascidos de outubro a dezembro

3. Demais trabalhadores inscritos via aplicativo e site

Os demais trabalhadores que se enquadrem nas regras para receber o benefício deverão se cadastrar pelo aplicativo ou pelo site. 

Primeira parcela será paga em até cinco dias úteis após o cadastro, iniciando em 14 de abril.

Para a segunda parcela, a Caixa chegou a anunciar a antecipação do pagamento, mas o Ministério da Cidadania informou que o governo não seria possível antecipar.

  • 27 de abril para nascidos de janeiro a março;
  • 28 de abril para nascidos de abril a junho;
  • 29 de abril para nascidos de julho a setembro;
  • 30 de abril para nascidos de outubro a dezembro

Terceira e última parcela:

  • 26 de maio para nascidos de janeiro a março
  • 27 de maio para nascidos de abril a junho
  • 28 de maio para nascidos de julho a setembro
  • 29 de maio para nascidos de outubro a dezembro

Saques do auxílio emergencial 

Os saques em dinheiro a partir dessas contas será liberado de forma escalonada a partir de hoje, 27 de abril, nos canais de autoatendimento e nas lotéricas, sem cartão, de acordo com o seguinte calendário:

  • 27 de abril – nascidos em janeiro e fevereiro
  • 28 de abril – nascidos em março e abril
  • 29 de abril – nascidos em maio e junho
  • 30 de abril – nascidos julho e agosto
  • 04 de maio – nascidos em setembro e outubro
  • 05 de maio – nascidos em novembro e dezembro

Para fazer o saque, o trabalhador deve entrar em sua conta poupança digital através do aplicativo Caixa TEM e solicitar o saque no valor desejado.

Após isso será gerado um código autorizador que deve ser informado no caixa eletrônico ou na casa lotérica.

Calendário da segunda parcela do auxílio emergencial

O calendário para pagar o segundo lote do auxílio de R$600 será disponibilizado ainda essa semana, que vai de 27 de abril a 01 de maio, pelo Ministério do Desenvolvimento Social.

As informações são do governo federal, e devem ser repostadas o quanto antes já que o novo mês está se aproximando.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

2ª parcela do auxílio emergencial: TUDO o que se sabe sobre o próximo pagamento

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA