C6 Bank vai contra medidas dos outros bancos e toma atitude surpreendente

Crise do Covid-19 começa a afetar instituições financeiras. Mesmo em uma época onde o governo federal solicitou a suspensão de demissões, o C6 Bank anunciou o desligamento de 8% de seu quadro de funcionários na última semana. Mediante a situação, Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo entrou com um recurso para que a decisão seja cancelada por meio de uma renegociação.

C6 Bank vai contra medidas dos outros bancos e toma atitude surpreendente (Imagem: Reprodução - Google)
C6 Bank vai contra medidas dos outros bancos e toma atitude surpreendente (Imagem: Reprodução – Google)

De acordo com a própria marca, as demissões foram feitas em diversos setores de atuação. Marketing, finanças, administrativo, recursos humanos e mais, tiveram nomes desligados em todas as unidades.

A fintech afirma que, a decisão foi ocasionada por causa da crise econômica do coronavírus e teve como finalidade garantir seu funcionamento no mercado.

Leia também: C6 Bank cria parceria com a TIM para novos serviços financeiros

“Durante a parada da economia, fizemos ajustes em diversas áreas. Os cortes representam menos de 8% da força de trabalho, de cerca de 1.000 pessoas.”, informou a empresa ao Valor Econômica.

Revogação

Após enviar um pedido de cancelamento da proposta, o Sindicato dos Bancários e Financiarios de São Paulo, Osasco e Região solicita uma reunião com os representantes do C6 Bank para poder “rever as dispensas e encontrar soluções que assegurem o emprego dos bancários”, segundo nota publicada no Valor.

De acordo com o sindicado, o momento deve ser de contenção econômica. No entanto, precisa-se garantir os direitos dos trabalhadores.

Em comunicado, o órgão reforçou que marcas como o Itaú, Bradesco, Santander, entre outras instituições financeiras, também estão enfrentando um período de instabilidade, mas devem priorizar seus servidores.

“Infelizmente não podemos colocar o C6 Bank entre os grupos empresarias que estão nesta articulação. Desligar mais de 80 trabalhadores em meio a uma crise dessa magnitude é de uma insensibilidade sem tamanho”, afirmou Neiva Ribeiro, secretária-geral do Sindicato.

Leia também: Bolsa Família e CadÚnico recebem R$46 milhões do governo em Abril

Posicionamento do C6 Bank

Mediante as críticas, a marca informou que, aqueles que foram desligados receberão total auxílio durante o período da crise. Para isso, sua equipe de recursos humanos criou um pacote de ações que consistirá na:

Extensão de quatro meses do seguro saúde ao titular e dependentes. Quatro meses de apoio psicológico, campanha de vacinação, além de Indicação dos profissionais desligados para consultorias de Recrutamento e Seleção e Worshops de técnicas de entrevista, ativação de rede de network e como montar e atualizar seu currículo”.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA