ESTE banco vai prorrogar dívidas vencidas por 60 dias; saiba como fazer!

Renegociação de dívidas tem prazo prorrogado. Com a crise econômica ocasionada pelo Covid-19, o Santander anunciou que irá aumentar, para 60 dias, o prazo de pagamento dos seus clientes. De acordo com a instituição, a medida foi tomada para poder ajuda-los durante o período de instabilidade econômica. Os correntistas terão até dois meses para quitar os débitos, sem cobranças sobre juros e acréscimos.

Santander vai prorrogar parcelas vencidas por 60 dias; saiba como fazer (Imagem: Reprodução - Google)
Santander vai prorrogar dívidas vencidas por 60 dias; saiba como fazer (Imagem: Reprodução – Google)

Estará incluso nessa oportunidade aqueles que tenham dívidas não pagas desde o dia 16 de março deste ano. Além disso, as próximas parcelas, com vencimento até o dia 15 de maio, também poderão ser pagas posteriormente. A negociação deverá ocorrer entre o titular e a instituição, mas poderá ser feita online.

Leia também: Banco do Povo de SP concede empréstimo para MEI; saiba como solicitar

Por isso, é importante reforçar que não são todos os inadimplentes que conseguirão prorrogar o vencimento das suas dívidas. Existe uma regra bem clara sobre o público alvo nesta operação.

Como solicitar novo prazo

De acordo com o próprio banco, a troca nas datas de pagamento acontecerá de forma automática. No entanto, os correntistas precisam estar enquadrados nas seguintes modalidades: crédito pessoal, crédito unificado, crédito de renegociação e crédito direto ao consumidor (CDC).

O vencimento das dívidas para as categorias acontecerá nos primeiros 30 dias. Na sequência, o banco aumentará o prazo para mais 30 dias, após o segundo vencimento (16 de maio).

Ao todo, serão dois meses em que os valores ficarão travados sem modificações e correções. Ainda de acordo com a marca, a depender dos desdobramentos do efeito da crise, o tempo de prorrogação poderá ser aumentado.

Demais iniciativas do Santander

Além de aumentar o prazo, a instituição também permitiu que os clientes parcelassem suas faturas dos cartões de crédito que estavam datadas para o dia 15 de abril.

O valor poderá ser pago em até 24 meses, sendo ofertado 50% de desconto na taxa de juros. A carência da parcela ficará fixada em 60 dias após a primeira cobrança. Os interessados nesse serviço devem solicita-lo por meio do apps Way ou Santander, além do internet banking.

Leia também: 13° do INSS: confira valor a ser recebido neste mês

Além do Santander, outros bancos como o Banco do Brasil, Itaú, Bradesco, entre outros, vêm anunciando aumento nos prazos de dívidas para clientes jurídicos, pessoas físicas, micro e pequenas empresas.

Todas as renegociações estão passando pela validação e aprovação do Conselho Monetário Nacional (CMN), que deverá anunciar novas propostas em breve.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA