Inscritos do Bolsa Família em Goiás receberão R$75 à mais para compra de alimentos

Durante o período em que o estado de Goiás, região Centro Oeste do país, está com problemas relacionados a quarentena imposta para barrar o avanço do novo coronavírus, ações estão sendo desenvolvidas para auxiliar neste momento. Entre elas, os inscritos do Bolsa Família irão receber uma ajuda de custo a mais durante a pandemia.

Inscritos do Bolsa Família em Goiás receberão R$75 à mais para compra de alimentos (Reprodução/Internet)
Inscritos do Bolsa Família em Goiás receberão R$75 à mais para compra de alimentos (Reprodução/Internet)

A justificativa é de que com as crianças em casa, o fornecimento da merenda escolar está sendo interrompido. Mas, muitos alunos da rede pública dependem desta como a principal refeição durante o dia.

Leia Também: Bolsa Família pode receber auxílio emergencial de R$450 em sugestão do Ipea

Por isso, o governo estadual define que o dinheiro da merenda escolar será repassado via depósito em conta corrente ou poupança dos que têm filhos matriculados em escolas administradas pelo estado. Já aqueles que têm o cartão Bolsa Família recebem pela conta no qual está vinculada ao benefício.

O mesmo se aplica para outros programas sociais, a exemplo de “Renda Cidadã” ou o “Cartão Cidadão”, também destinados a população do estado.

A ação está sendo tomada para garantir o acesso à merenda ao grupo considerado vulnerável economicamente durante este período de crise.

Governo suspendeu as aulas por 15 dias para tentar manter a integridade da saúde das crianças e de seus familiares não propagando o vírus. Mesmo com a suspensão vale destacar que o efeito será retroativo ao dia 16 de março.

Autorização foi publicada nesta quarta-feira (25) em formato de suplemento. De acordo com texto, o valor será repassado ao equivalente de R$ 5 por refeição. Por se tratar de um repasse de 15 dias, valor total é de R$ 75 para cada aluno.

Leia Também: Militares da reserva poderão se candidatar aos órgãos públicos; veja regras

Ainda é previsto que mesmo com a suspensão sendo prorrogada por mais dias, o pagamento continuará sendo repassado às famílias. A lista de famílias que serão contempladas será utilizada mediante o cadastro da Secretaria de Estado da Educação.

Segundo o decreto, o dinheiro que será utilizado para custear o repasse sairá de doações orçamentárias destinada para a merenda escolar, como a compra de alimentos para preparo nas escolas, ou o destinado à Secretaria de Estado da Educação.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA