ANÚNCIO

Uma série de medidas estão sendo tomadas para atenuar o impacto causado pelo coronavírus, principalmente para quem depende de auxílios do governo. Foi adiado por 120 dias o cronograma de bloqueios de pagamentos e suspensão do BPC (Benefício de Prestação Continuada).

Alívio! BPC não será bloqueado por pelo menos 120 dias
Alívio! BPC não será bloqueado por pelo menos 120 dias (Montagem: Google)
ANÚNCIO

Isto vai acontecer para os beneficiários que não fizeram a inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo (CadÚnico). Estamos falando de uma medida que tem o objetivo de evitar mais contaminações pelo novo coronavírus.

Leia Mais: Pente fino do BPC ganha nova data depois de prorrogação

A portaria informa que o adiamento foi determinado para que se evitem aglomerações de pessoas, cenário em que os beneficiários do BPC se expõem e que podem leva-los a se contaminarem. Esta medida já está em vigor de acordo com o Ministério da Cidadania.

Fazer a inscrição no CadÚnico é obrigatório para beneficiários do BPC, e a regularização deve ser realizada na prefeitura ou no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município que o beneficiário reside.

O governo organizou então, um cronograma de acordo com a data de aniversário do beneficiário. Se o cadastro não for efetuado, o benefício é bloqueado.

O BPC é dedicado para pessoas com deficiência ou acima de 65 anos que tenham renda por cada membro familiar de até um quarto de salário mínimo. No total, são por volta de 4,4 milhões pessoas que recebem o auxílio mensal no valor de um salário mínimo vigente.

Desde 31 de dezembro, data que a China informou a OMS que um vírus até então desconhecido estava se espalhando pelo país, a contaminação já chegou a 114 países.
Segundo o último boletim da organização, foram registrados mais de 118 mil casos e 4.291 mortes.

Leia Mais: IPTU Palmas 2020 foi prorrogado com novo vencimento para abril

A escalada do surto originado na cidade chinesa de Wuhan e a velocidade com que o Sars-cov-2 – como é chamado oficialmente o novo coronavírus – se espalhou pelo mundo impressionaram.

Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.