13° do Bolsa Família e BPC aumentam em R$28 bi orçamento do governo

Com novas mudanças previstas para os programa Bolsa Família e o Benefício de Prestação Continuada, o BPC, o governo espera que alterações provoquem um impacto de R$ 28 bilhões no orçamento. Isso se o 13° do Bolsa Família que será estendido ao BPC for aprovado.

13° do Bolsa Família e BPC pode aumentar em R$28 bi orçamento do governo (Reprodução/Internet)
13° do Bolsa Família e BPC pode aumentar em R$28 bi orçamento do governo (Imagem: Reprodução/Internet)

A discussão sobre o assunto foi levantada pelos parlamentares para pontuar questões ligadas a textos que tramitam na casa, e que promovem alterações nos dois programas.

Leia Também: 13° do Bolsa Família e do BPC volta à Câmara nesta terça-feira (10)

Questões ligadas ao BPC estão sendo observadas pelos parlamentares logo depois de mais um adiantamento nas votações, provocado por falta de quórum. Ainda foi destacado que o presidente Jair Bolsonaro solicitou o veto de um destes pontos.

O presidente destacou que a alteração prevista nas regras do BPC, em que seriam inclusos mais beneficiados, podem provocar um impacto negativo no orçamento, uma vez que elevaria os gastos com o programa.

De acordo com o texto, a elevação da remuneração per capital passaria de um quarto, limite atual, para meio salário mínimo. A justificativa para o veto é que com as mudanças previstas com a nova lei, a elevação desse limite proporcionaria novas famílias sendo atendidas pelo programa.

Com isso, o presidente justifica que teve um diálogo com o Ministério da Economia e a Secretaria-Geral da Presidência da República. Ambos destacaram que com a inclusão deste novo ponto como regra, será criada despesas obrigatórias ao Poder Executivo, sem que se tenha indicado a respectiva fonte de custeio, violando assim diversas normas, entre elas, a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Partidos de oposição e independente ao Palácio do Planalto alteraram o texto para que tornasse o benefício permanente para as famílias. Esta nova medida irá ser analisada nesta semana pela Câmara.

Leia Também: IPVA CE 2020 finaliza pagamento da segunda parcela hoje (10)!

Ainda de acordo com os cálculos do governo, o custo anual é de aproximadamente R$ 7,6 bilhões, deste total R$ 5 bilhões referem-se ao pagamento do 13º do BPC.

Governo por sua vez ainda não sabe se irá ampliar a verba para garantir o repasse do 13° do Bolsa Família, no qual era prometido pelo presidente para tentar atender a fila daqueles que esperam receber o benefício.

O valor duplicaria o que o inscrito costuma receber hoje. A média de pagamento do Bolsa é de R$191, logo no 13° do Bolsa Família seriam entregues cerca de R$382 por beneficiário.

O BPC paga mensalmente R$1.045 por inscrito. Logo, com a inclusão de uma parcela extra em dezembro seriam pagos R$2.090 a cada segurado.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA