Veja se tem direito ao saque imediato do FGTS que finaliza este mês

Aqueles que possuem dinheiro depositado no fundo de garantia têm direito ao saque imediato do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), e devem ficar atentos ao prazo para poder fazer a retirada.  A quantia vais ser devolvida ao fundo se até o dia 31 deste mês o trabalhador não for retira-la.

Veja se tem direito ao saque imediato do FGTS que finaliza este mês
Veja se tem direito ao saque imediato do FGTS que finaliza este mês (Imagem:Montagem/FDR)

O saque imediato do FGTS é a modalidade em que o trabalhador pode sacar apenas uma vez o dinheiro disponível. O saldo pode ser retirado de todas as contas do trabalhador, considerando o seu fundo ativo e o inativo. 

Leia Também: Saque imediato FGTS termina no dia 31; confira todas as informações

Esse tipo de saque foi liberado pelo governo desde o mês de setembro do ano passado. Atualmente, ela já está na conta de todos os trabalhadores. Mas é opcional, quem não quiser receber a quantia pode pedir que ela volte para o fundo de garantia. 

Valor do saque imediato do FGTS

São diversos limites de saque, e a quantia depende do saldo acumulado. Os trabalhadores que tenham um saldo maior que o de R$998 poderão sacar até R$ 500.

Já aqueles que acumularam o valor de R$998 até o dia 24 de julho de 2019 podem realizar o saque total do valor.

Quem já tinha retirado R$500 reais, que foi a primeira quantia liberada pelo governo. Mas, depois percebeu que tem direito de zerar a sua conta, pode fazer o saque dos R$498 equivalente ao saldo que ficou no fundo.  

Os trabalhadores que possuem uma conta na Caixa, terão o dinheiro creditado automaticamente e não precisarão ir até o banco para retirar. 

Já os que não possuem conta no banco devem comparecer a uma agência, caixa eletrônico, lotéricas ou correspondentes da Caixa Aqui para o saque. É necessário levar o cartão cidadão, e documento de identificação com foto.

Se o saque estiver travado é possível que seja por conta de nome errado ou algum dado desatualizado, a correção deve ser feita em alguma agência da Caixa. O trabalhador deverá levar um documento com foto e a atualização poderá ser feita na hora. 

Caso não retire o dinheiro até o prazo final, que é no dia 31 de março deste ano, ele voltará para o fundo sem prejuízo no rendimento do período que ficou disponível para saque. 

Leia Também: IPTU Criciúma 2020 ganha nova data de vencimento

O saque imediato não possui relação com o saque-aniversário, que terá o seu calendário iniciado no mês de abril. E não tira ou anula qualquer direito trabalhista.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA