Calendário PIS 2020: confira as datas para receber o seu abono

Calendário de pagamento em vigor para o trabalhador brasileiro. A liberação do abono salarial segue acontecendo em todas as regiões do país e vem movimentando milhões na economia nacional. O benefício, referente ao ano de 2018, começou a ser liberado em julho de 2019. Agora, o calendário PIS 2020 poderá ser retirado até o mês de junho deste ano.

Calendário PIS 2020: confira as datas para receber o seu abono (Imagem: Reprodução - Google)
Calendário PIS 2020: confira as datas para receber o seu abono (Imagem: Reprodução – Google)

O abono salarial é um valor concedido aos trabalhadores de carteira assinada que exerceram seus ofícios durante, pelo menos, 30 dias no ano anterior ao início do calendário.

Leia também: Valor do seguro desemprego 2020 ganha novo do piso e teto 

A quantia do pagamento varia de acordo com o tempo de trabalho, tendo como base o salário mínimo que está em R$ 1.045. Durante o ano de 2019 os beneficiados receberam até R$998, piso vigente da época.

Para poder sacar o PIS é preciso ir até uma unidade da Caixa Econômica Federal, portando um documento com foto ou o cartão do programa. Já no PASEP, a liberação acontece por meio do Banco do Brasil e solicita também o RG, carteira de trabalho e documentação do auxílio.

Quem nasceu entre os meses de julho a dezembro ou tem número final de inscrição entre 0 e 4 recebeu o benefício ainda em 2019. Já os nascidos entre janeiro e junho e com número de inscrição entre 5 e 9 estão recebendo nesse primeiro trimestre de 2020.

Após extrapolar o prazo máximo de saque, no dia 30 de junho (conforme apresenta o calendário abaixo), os trabalhadores que não retirarem a quantia terão o valor retido. Nesse caso, o pagamento só poderá ser liberado sob ação judicial, comprovando a necessidade do recebimento.

Calendário PIS 2020

Para este ano, restam apenas dois pagamentos. Referentes ao mês de fevereiro e março. A partir de junho tem início um novo calendário PIS 2020. Nesse caso, considerando como ano base 2019, e finalizando o cronograma apenas em 2021.

A organização considera o mês de nascimento do trabalhador que pode retirar seu dinheiro em:

  • Nascidos em março e abril: a partir de 13/02/2020;
  • Nascidos em maio e junho: a partir de 19/03/2020.

Com a correção do salário mínimo para R$ 1.405, o abono terá um piso de R$ 87. A quantia é determinada de acordo com o tempo de trabalho, isso significa que quem exerceu atividades por 12 meses receberá a quantia total (R$ 1.045). Já quem trabalhou por 6 meses, ficará com a metade de R$ 522 e por 30 dias R$ 87.

Segundo o governo federal, espera-se uma liberação de R$ 16,5 bilhões para mais de 21,6 milhões de beneficiários do PIS até o final do calendário.

Quem tem direito  ao PIS

Para poder receber o PIS basta ter trabalhado de carteira assinada em empresa privada por 30 dias durante o ano de 2018.

Além disso, é preciso estar devidamente cadastrado, há pelo menos 5 anos, no programa e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais), ano-base 2018.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA