Pagamento ao INSS 2020: novas regras começaram a valer neste ano; confira!

Para os trabalhadores formais e de carteira assinada, as novas regras para o pagamento ao INSS podem até ter passado despercebidas, uma vez que a responsabilidade sobre este valor é de seu empregador. Porém, os trabalhadores informais pu autônomos precisam estar atentos as mudanças.

Pagamento do INSS 2020: novas regras começaram a valer neste ano; confira! (Imagem: Reprodução - Google)
Pagamento do INSS 2020: novas regras começaram a valer neste ano; confira! (Imagem: Reprodução – Google)

Profissionais com atividades remuneradas sem vínculo empregatício ficam responsáveis pela escolha do seu próprio plano de contribuição e pelo recolhimento das suas contribuições mensais.

Leia também: Salário do INSS 2020 é liberado com novo reajuste; veja quanto ficou

O que também acontece com os contribuintes facultativos, ou seja, quem não exerce atividade profissional remunerada, mas deseja contribuir ao INSS para garantir o direito à aposentadoria, entre outros benefícios.

Para receber o benefício do INSS você precisa estar cadastrado como segurado. Quem nunca trabalhou com carteira assinada deverá criar, junto ao instituto, o Número de Registro do Trabalhador – NIT.

O que equivale ao PIS/PASEP que abraça todos os trabalhadores de carteira assinada, mas direcionado ao Contribuinte Individual, Facultativo, Empregado Doméstico e Segurado Especial.

Para realizar o cadastro é simples, bastando apenas acessar o site da Previdência Social, ligar para o número 135 ou visitar umas das agências do INSS.

Após a inscrição você deve avaliar qual será o melhor plano para contribuição. Eles são divididos em normal e simplificados. A divergência entre eles está no percentual de contribuição que você vai pagar por mês e nos benefícios aos quais terá direito.

Tipos de pagamento do INSS

  • Plano Normal: o percentual da alíquota de contribuição é de 20% sobre a remuneração, partindo do valor do salário mínimo e limitado ao teto do INSS. Ele poderá ser pago pelo contribuinte que pretende um valor de benefício maior que o salário mínimo.
  • Plano simplificado: Nesse plano é definida uma alíquota de contribuição mensal de 11% sobre o valor do salário mínimo vigente no momento do recolhimento.

Quaisquer dúvidas sobre o INSS podem ser retiradas no site do Instituto ou através do número 135.

A partir de março deste ano, o pagamento ao INSS vai receber novas formas por conta da reforma da Previdência. A tabela seja progressiva, variando de 7,5% a 14% do salário do trabalhador.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amanda Castro
Amanda Castro é graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) e graduanda de Administração pela Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco (SEE). É responsável pela área de negócios, tráfego e otimização SEO do portal FDR. Além disso, atua como redatora do portal FDR e demais portais de notícias desde 2017, produzindo conteúdo sobre economia, finanças pessoais e programas sociais.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA