Bolsa Família 2020: saiba quando receber seu benefício neste ano 

O calendário para receber o benefício do programa Bolsa Família 2020 já começou, saiba aqui quando a sua família irá receber o pagamento neste ano. E se organize para os saques que respeitam dias já definidos para cada mês. 

Bolsa Família 2020: saiba quando receber seu benefício neste ano 
Bolsa Família 2020: saiba quando receber seu benefício neste ano (Imagem:Reprodução/Google)

O calendário do Bolsa Família 2020 é utilizado para determinar os dias de liberação do saque. A organização é feita conforme o último dígito do Número de Identificação Social (NIS), que também é chamado de PIS ou NIT.

Saiba também: Valor do Bolsa Família 2020 beneficia com quantia maior público específico 

Esse número se encontra no cartão que a família utiliza para receber o benefício. Vale lembrar que a consulta deve ser feita observando o número antes do hífen. 

Calendário Bolsa Família 2020

Calendário do Bolsa Família
Calendário do Bolsa Família (Imagem: Reprodução/ Caixa)

Os pagamentos normalmente são realizados na segunda semana do mês, se estendendo até a terceira semana.

Para realizar o saque é necessário que o beneficiário tenha em mãos o seu cartão cidadão e a senha. Caso não tenha o cartão, o beneficiário deve informar o NIS e estar com carteira de identidade e CPF.

É possível fazer a consulta de seu saldo, extrato e calendário de pagamento. Tudo por meio do número de telefone 0800 726 02 07, digitar 2 e novamente 2. Logo após é preciso informar o número do NIS. 

A verificação também pode ser feita no aplicativo do Bolsa, disponível para aparelhos com sistema IOS e Android.

Aqueles beneficiários que não realizaram o saque de seu benefício do mês de janeiro ainda, ainda têm tempo para receber. O prazo para retirar o depósito da conta é de 90 dias, ou seja, três meses. Essas famílias poderão comparecer ao banco até março para sacar o salário.

Caso os beneficiários não realizem o saque o governo faz o bloqueio do benefício. Depois, para que seja feito o desbloqueio o responsável deverá justificar a não realização da retirada.

Em seguida, cabe ao governo analisar a justificativa para decidir se o benefício será disponibilizado novamente para a família.

Se for, estes poderão sacar todo o dinheiro que estava preso na conta durante o tempo que não recebeu no período em que o benefício ficou bloqueado.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA