Saque do abono salarial: tire todas as suas dúvidas antes de receber

O calendário de pagamento do PIS/PASEP referente ao ano de 2018 está prestes a acabar e com ele uma nova rodada terá início. A partir do mês de julho, os trabalhadores que exerceram suas profissões de carteira assinada durante o ano de 2019 serão convocados para receber o auxílio. Separamos algumas informações para aqueles que estão com dúvidas sobre o saque do abono salarial, confira.

Saque do abono salarial: tire todas as suas dúvidas antes de receber
Saque do abono salarial: tire todas as suas dúvidas antes de receber
publicidade

Quem pode sacar o abono do PIS/Pasep ano-base 2019?

Têm direito ao abono salarial todos aqueles que trabalharam formalmente durante o ano de 2019. É preciso ter pelo menos 30 dias de carteira assinada e estar registrado no programa há pelo menos 5 anos.

Leia também: Fim do abono PIS/PASEP está cada vez mais próximo; saiba quando sacar

Por fim, o patrão deve manter os dados do funcionário atualizados na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Qual é a regra para saber qual valor de saque do abono salarial?

Basta usar como base do cálculo o valor do salário mínimo. Atualmente o piso nacional é de R$ 1.045, isso significa que quem trabalhou por 12 meses receberá a quantia total.

Já aqueles que exerceram o ofício por um semestre ficarão com R$ 522 e o pagamento mínimo, para quem trabalhou por 30 dias é de R$ 87.

Qual é o calendário de saque do PIS/Pasep ano-base 2018?

Abono do PIS

Nascidos em Recebem a partir de Crédito em conta
Julho 25/7/2019 23/7/2019
Agosto 15/8/2019 13/8/2019
Setembro 19/9/2019 17/9/2019
Outubro 17/10/2019 15/10/2019
Novembro 14/11/2019 12/11/2019
Dezembro 12/12/2019 10/12/2019
Janeiro e fevereiro 16/01/2020 14/1/2020
Março e abril 13/2/2020 11/2/2020
Maio e junho 19/3/2020 17/3/2020

 

Abono do Pasep

Final de inscrição (dígito) Início de pagamento
0 25/7/2019
1 15/8/2019
2 19/9/2019
3 17/10/2019
4 14/11/2019
5 16/1/2020
6 e 7 13/2/2020
8 e 9 19/3/2020

 

Se eu não fizer o saque do abono salarial referente ao ano de 2019 até o dia 30 de dezembro de 2021, o que acontece com o meu dinheiro?

Nesse caso, o valor é devolvido ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e só poderá ser retirado por meio de uma ação judicial.

Não saquei o abono referente a anos anteriores, como 2017 e 2018, por exemplo. Posso fazer isso agora?

Os abonos acumulados ficam retidos e só podem ser liberados se o segurado provar a necessidade por meio de um processo na justiça.

Eduarda AndradeEduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco e formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.