IPTU Curitiba 2020: moradores reclamam de atraso nos boletos; veja como emitir on-line

A prefeitura de Curitiba, capital do estado do Paraná, já comunicou que deu início ao envio dos boletos de pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano, o IPTU Curitiba 2020. Mas, moradores estão preocupados com a demora para receber o carnê em suas residências.

IPTU Curitiba 2020: moradores reclamam de atraso nos boletos; veja como emitir on-line (Divulgação/Prefeitura de Curitiba)
IPTU Curitiba 2020: moradores reclamam de atraso nos boletos; veja como emitir on-line (Divulgação/Prefeitura de Curitiba)

A previsão era de entrega até o final de janeiro, justamente para dar tempo dos contribuintes que optarem pelo pagamento à vista realizarem o procedimento. Mas foi observada uma demora na entrega.

Leia também: Dívida com o IPVA PR prejudica micro e pequenos empreendedores

Os boletos devem chegar nos próximos dias, de acordo com a prefeitura, para todos os contribuintes que estiverem com cadastro atualizado.

A secretaria responsável pelo imposto ainda afirmou que quem estiver preocupado com a entrega pode emitir o boleto de cobrança por conta própria.

Neste ano, o imposto terá um reajuste e se tornará mais caro. O valor do IPTU Curitiba 2020 leva em consideração a variação do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) entre dezembro de 2018 e novembro de 2019, que foi de 3,27%, mais o reajuste anual de 4% para imóveis prediais e 7% os terrenos.

Interessados em realizar os pagamentos de forma à vista recebem um desconto sob o valor total da dívida de 4%. Quem preferir pode quitar o débito em até dez parcelas. Valor de cada uma não pode ser inferior a R$ 20.

Nos casos em que optar pelo débito automático é necessário realizar solicitação para o banco nos canais disponibilizados. Este procedimento deverá ser realizado trinta dias antes do vencimento da parcela.

As parcelas mensais do boleto IPTU Curitiba 2020 não podem ser menores que R$ 20, somando IPTU e a Taxa de Coleta de Lixo. Esta opção de parcelamento está disponível para contribuintes que não desejam realizar o pagamento de forma integral.

O calendário obedece datas definidas pela prefeitura. Aqueles que preferem parcelar o IPTU Curitiba 2020 têm data de vencimento marcada para o dia 11 a 15 de cada mês, com exceção da primeira, no qual está data para o dia 17 de fevereiro.

Para ter acesso ao documento, o contribuinte pode acessar as informações através da internet, no site da Prefeitura, uma das novidades para este ano.

De acordo com o governo, o imposto será cobrado para 790,3 mil unidades tributárias (residenciais, não residenciais e terrenos) na capital do estado.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

IPTU Curitiba 2020: moradores reclamam de atraso nos boletos; veja como emitir on-line

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA