Prova de vida do INSS pode ser a solução para manter seu benefício

Se você é aposentado ou pensionista da Previdência Social fique atento. É preciso realizar a prova de vida do INSS para não perder o direito de receber tais benefícios. A medida é uma exigência do instituto de modo que possa comprovar se o beneficiário está vivo ou se o valor não vem sendo repassado para outra pessoa.

Prova de vida do INSS pode ser a solução para manter seu benefício
Prova de vida do INSS pode ser a solução para manter seu benefício

Todos aqueles que estão recebendo auxílios do INSS devem, obrigatoriamente, uma vez por ano realizar a atualização do cadastro.

O procedimento é simples e pode ser feito na instituição bancária onde o beneficiário recebe seus pagamentos ou por meio do site do Meu INSS.

Leia também: IRPF 2020 dos beneficiados do INSS pode ter valor maior por culpa do governo; entenda!

Aqueles que não sabem o prazo de validade podem ficar despreocupados, pois a própria instituição financeira comunica quando estiver perto do vencimento. Para renovar a documentação é simples, basta ir até a agência bancária e apresentar um documento de identificação.

O procedimento não existe pré-inscrição e nem valores de pagamentos e deve ser feito diretamente nos guichês de atendimento.

Aqueles acima dos 80 anos que não tiverem condições de ir até um banco, podem solicitar um atendimento de um servidor do INSS em sua casa.

Para isso, é preciso para acionar a central de atendimento telefônico de número 135 ou então fazer um requerimento no site do Meu INSS. A central de atendimento do 135 funciona de segunda a sábado, das 7h às 22h.

Desse modo, o funcionário do instituto vai até o endereço informado para validar o cadastro.

Por fim, se o segurado não morar no Brasil ou estiver viajando, ele pode preencher um formulário, também no site do INSS, e enviar sua documentação pelos correios.

O que fazer se perder o prazo da prova de vida do INSS

O prazo máximo de atraso é de até 6 meses, ultrapassando o tempo será necessário fazer um recadastramento. Nesse caso, aqueles que tiverem a renovação suspensa precisam ir até o banco o mais rápido possível para atualizar o cadastro.

Caso não haja pendências, erros nos dados registrados e incompatibilidade, o benefício é reativado e os valores retidos são liberados para saque. Segundo o INSS, somente em julho de 2019, quase 373 mil benefícios foram suspensos por falta de atualização por parte dos segurados.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Prova de vida do INSS pode ser a solução para manter seu benefício

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA