Bolsa Família e FGTS serão antecipados em estado do Sudeste; saiba em quais casos

Desastres naturais antecipam o pagamento do FGTS e do Bolsa Família no sudeste do país. Graças as fortes chuvas que estão depredando Minas Gerais, o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, anunciou a antecipação dos pagamentos dos benefícios para ajudar as famílias que perderam seus bens.

Bolsa Família e FGTS serão antecipados em estado do Sudeste; saiba em quais casos
Bolsa Família e FGTS serão antecipados em estado do Sudeste; saiba em quais casos

O pagamento será disponibilizado nesta semana e permitido por meio de uma pasta que contém R$ 90 milhões para ações imediatas de socorro e assistência aos sobreviventes.

Saiba também: Salário família 2020 ganha reajuste e novo valor de pagamento 

Nessa segunda-feira (27), o ministro esteve sobrevoando as regiões ao lado do governador Romeu Zema e demais autoridades. Segundo ele, os prefeitos dos municípios atingidos estão sendo recrutados para que disponibilizem obras de reparo para as famílias.

Canudo reforçou que é preciso estar atento aos processos burocráticos, de modo que estes não atrapalhem a liberação dos recursos.

“Nesse momento o mais importante é que a burocracia não impeça que os recursos cheguem e essas pessoas sejam atendidas. Precisamos levar ajuda para aqueles que perderam tudo”, afirmou.

Segundo ele, o valor da pasta emergencial faz parte de uma despesa fixa prevista pelo governo federal para ser utilizada em caso de desastres.

Além de Minas, outros estados como o Espírito Santo e o Rio de Janeiro também estão sendo afetados pelas enchentes. Para conter a situação os gestores das regiões estarão ofertando recursos por meio de remanejamentos no orçamento.

Romeu Zema, falou sobre o número de mortes e disse que tanto a Polícia Militar quanto o Corpo de Bombeiros estão de plantão integral para tentar reduzir ao máximo o número de vítimas fatais.

Segundo ele, é preciso fornecer assistência a aqueles que perderam tudo, através de doações de alimentos não perecíveis, produtos de limpeza e higiene pessoal, colchões e lençóis.

“Infelizmente já tivemos um número expressivo de óbitos no estado, muito mais do que em anos anteriores, mas sabemos que a quantidade de chuva foi a maior da história. Importantíssimo que os prefeitos unidos nos apresentem demandas para o Governo Federal possa o quanto antes trazer os recursos necessários para trazer o mínimo de alento a quem perdeu quase tudo que tinha”, afirmou.

Como antecipar o Bolsa Família e o FGTS

Os beneficiados com o Bolsa Família e as pessoas que possuem saldo do FGTS podem procurar uma agência da Caixa Econômica Federal e solicitar a retirada do benefício.

Quem tem direito ao Bolsa Família não precisa se preocupar com calendário, para moradores das cidades atingidas o cronograma foi suspenso. O saque pode ser feito a qualquer tempo.

O mesmo vai acontecer em fevereiro, a partir do dia 12 todos os beneficiados poderão comparecer até a agência para receber seu benefício. Independente do número final do cartão.

Para os dois programas não será necessário apresentar cartão ou documento, levando em consideração que as enchentes podem ter afetado a integridade destes papéis. Basta informar o número de CPF.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.