IPTU Londrina 2020: aprenda a pedir a isenção do imposto

Proprietários de imóveis da cidade de Londrina, no Paraná, devem ficar atentos ao pagamento do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana. Pelo menos 17 mil pessoas podem se enquadrar nos critérios de isenção do IPTU Londrina 2020. Para isto, é preciso ficar atento aos pontos detalhados pela prefeitura.

IPTU Londrina 2020: aprenda a pedir a isenção do imposto
IPTU Londrina 2020: aprenda a pedir a isenção do imposto

O processo de isenção pode ser solicitado pela internet, através do Sistema SEI (Sistema Eletrônico de Informações).

Leia também: IPVA PR 2020: governo divulga locais para contribuinte quitar o débito

No site, o interessado de enviar os documentos obrigatórios para comprovar que tem direito a isenção. O pedido pode ser realizado no decorrer do ano inteiro e, ao ser aprovado, entra em vigor já no exercício atual.

Ainda é possível realizar o procedimento presencialmente, os atendimentos podem ser feitos pessoalmente na Praça de Atendimento da Secretaria Municipal de Fazenda, que fica no prédio da Prefeitura, e nos postos descentralizados.

Podem solicitar a isenção do IPTU Londrina 2020 para pessoa física nos seguintes critérios: idade, viuvez, deficiência e ex-combatente da FEB (Força Expedicionária Brasileira). É preciso ser o proprietário de um único imóvel e nele residir.

Ainda há casos de deficiência que garantem o benefício, mesmo que seja filho ou pai do proprietário, ser aposentado por invalidez ou ter laudo médico que comprove a deficiência que impede o trabalho permanentemente.

Os critérios também são limitados para aqueles que têm renda familiar máxima de cinco salários mínimos.

Já a pessoa jurídica tem outros critérios. Podem ter acesso aqueles que têm imóveis usados como templos alugados, associação de moradores, e entidades assistenciais. Isenção total só é oferecida ocupação residencial com valor máximo de R$451.748,00.

IPTU Londrina 2020

O primeiro lote de vencimento já estão sendo entregue pela prefeitura. O vencimento da primeira parcela é para janeiro de 2020.

De acordo com a secretaria municipal, a previsão é de que até o final desta semana sejam encaminhados todos os boletos para as 107.902 unidades.

Logo após a entrega deste primeiro lote, serão destinados 149.067 carnês com data de vencimento que vai até 14 de fevereiro.

Apesar deste meio, a prefeitura ainda disponibiliza o acesso da 2ª via do carnê online pelo  site oficial. Para ter acesso é necessário inserir o número da inscrição imobiliária, além do CPF ou CNPJ do proprietário.

Os boletos enviados contam com duas formas de pagamento, aqueles que optam pelo pagamento à vista receberão desconto de 10% no valor total cobrado.

Também há a possibilidade de parcelar o imposto em até 11 vezes. A parcela mínima é de R$ 50. As guias podem ser pagas na rede bancária ou em casas lotéricas.

A prefeitura ainda destaca que os contribuintes participantes programa de Descontos Progressivos do IPTU de Londrina têm o acréscimo de desconto de 1% para o ano seguinte se efetuou o pagamento à vista no último ano.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.