Aplicativo do INSS mostra instabilidade e indica crise no sistema

Um dos benefícios do uso de aplicativos é a possibilidade de realizar consultas e serviços na palma da mão. O aplicativo do INSS, chamado de Meu INSS, está enfrentando problemas na atualização da contagem do tempo de contribuição. O que afeta como um todo os pedidos de salários.

Aplicativo do INSS mostra instabilidade e indica crise no sistema
Aplicativo do INSS mostra instabilidade e indica crise no sistema

A falha tem sido observada na hora em que os trabalhadores solicitam a visualização da contagem do tempo no qual realizou a contribuição ao INSS. Tal ponto tem enfrentado dificuldades desde que a reforma da Previdência entrou em vigor, em 13 de novembro de 2019.

Leia também: Pagamento do INSS vai aumentar os salários a partir de 2° feira

Em testes realizados pelo portal UOL, foi observado que o tempo de contribuição não tem sido modernizado. Este dado fica disponível na página inicial do aplicativo, ao topo, e não foi atualizado durante duas semanas. O indicador pontua tempo de contribuição do segurado contado em anos, meses e dias.

A informação, por sua vez, sobre o tempo de contribuição não aparece para os usuários que entram no Meu INSS por meio do site. Este dado só é pontuado apenas para quem acessa as informações através aplicativo.

Tanto no acesso a aplicativo INSS como por meio do portal, é necessário criar um cadastro de usuário para contabilizar suas informações.

Em resposta, o INSS detalha que a contagem realmente está travada desde a data de 13 de novembro. Ainda diz que “na próxima versão do app Meu INSS, será inserido um texto alertando da condição.” Instituto espera que o novo pacote de atualização aconteça em 28 de janeiro.

Além deste, o INSS ainda destaca que há outros problemas em torno dos sistemas. Desta forma, as bases não estão atualizadas para as mudanças e adaptações provocadas pela reforma da Previdência.

Segundo o instituto, ao todo, são seis sistemas de concessão, manutenção e pagamento de benefícios que estão sendo ajustados.

Com este processo de adaptação, os segurados também não conseguem usar o simulador disponível no Meu INSS, no qual é possível saber como ficaria a aposentadoria.

Aqueles que tentam acessar o serviço, encontram a seguinte mensagem: “O serviço ‘Simular Aposentadoria’ está temporariamente indisponível. Estamos atualizando o simulador para adequação às novas regras de aposentadoria (Emenda Constitucional nº 103 de 12 de novembro de 2019).”

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Aplicativo do INSS mostra instabilidade e indica crise no sistema

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA