Abono salarial é pago com valor diferente a partir deste mês 

Na última quinta-feira (16), começou o pagamento do abono salarial PIS/Pasep para os trabalhadores que nasceram nos meses de janeiro e fevereiro e têm final de inscrição 5. O valor pago será diferente a partir deste mês, comparado ao que foi recebido em 2019.

Abono salarial é pago com valor diferente a partir deste mês 
Abono salarial é pago com valor diferente a partir deste mês

O PIS, é o programa integração social, pago para os trabalhadores de empresas privadas, o seu calendário segue os meses de nascimento dos trabalhadores.

O benefício liberado mais recentemente são para aqueles que nasceram entre os meses de janeiro e fevereiro. Os trabalhadores recebem o seu dinheiro pela Caixa Econômica Federal.

Leia também: PIS/PASEP começa o calendário de 2020; saiba até quando receber

Já o PASEP, é o programa de formação do patrimônio do servidor público, pago para os funcionários públicos. Para a definição das datas de pagamento é levado em consideração o número final de inscrição. A rede responsável é o  Banco do Brasil.

O valor do abono salarial em janeiro pode variar entre R$87 a R$ 1.039, já que ele é proporcional ao período em que trabalhou registrado durante o ano de 2018. Caso o beneficiado tenha atuado por 12 meses,ou seja, um ano, ele terá direito de receber um salário mínimo.

Em 2019 a quantia máxima a ser paga foi de R$998 e o mínimo de R$84. Isso porquê, o valor usa como base o salário mínimo federal.

A partir do próximo mês os trabalhadores ainda receberão outro valor, nesse caso o máximo será de R$1.045 e o piso de R$88. Já que o presidente Bolsonaro aumentou o valor do salário mínimo que entrará em vigência a partir de 1° de fevereiro.

O benefício é depositado para os trabalhadores de baixa renda e é considerado um 14º salário. Porém, há alguns requisitos para ter direito ao valor. 

Como, ter trabalhado por pelo menos 30 dias, com carteira assinada, no ano de 2018.  E ganho no máximo dois salários mínimos por mês, durante o período em exercício. 

O trabalhador também precisa estar inscrito no PIS há pelo menos cinco anos e a empresa deve ter informado os dados do empregado de forma correta ao governo brasileiro.

Aqueles que já tiverem conta nos bancos, terão o valor creditado antes da data prevista. Porém, aqueles que não possuem conta nos bancos podem ir até um caixa eletrônico, com o cartão cidadão e a senha para sacar o dinheiro.

Quem não tem o cartão pode receber o valor em qualquer agência da Caixa ou Banco do Brasil, mas é preciso levar documento de identificação com foto, CPF e carteira de trabalho. 

Para saber se tem direito ao PIS, o trabalhador pode telefonar para a Caixa no 0800-726-02-07 ou acessar o site. Para a consulta, é necessário ter em mãos o número do NIS (PIS/Pasep).

Os servidores que recebem Pasep devem verificar se houve depósito em conta no Banco do Brasil. Caso isso não tenha ocorrido, basta procurar uma agência para regularizar a situação. Mais informações sobre o PASEP podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.

O saldo ficará disponível para retirada até o dia 30 de junho deste ano para poder realizar o saque do seu abono no banco. Caso o trabalhador não realize a retirada ele perde o benefício deste ano e deve aguardar o próximo calendário.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Abono salarial é pago com valor diferente a partir deste mês 

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA