Saque do FGTS: últimos dias para nascidos em janeiro entrarem na nova modalidade 

Os trabalhadores que nasceram no mês de janeiro e querem aderir ao saque do FGTS na modalidade de aniversário, devem ficar atentos ao tempo para que isso seja feito. Pois o prazo final está se esgotando. 

Saque do FGTS: últimos dias para nascidos em janeiro entrarem na nova modalidade 
Saque do FGTS: últimos dias para nascidos em janeiro entrarem na nova modalidade
publicidade

Caso os beneficiários queiram receber anualmente o dinheiro, a opção pode ser feita até o dia 31 de janeiro para realizar a mudança da modalidade rescisão para aniversário.

Isso se o trabalhador quiser receber o dinheiro ainda neste ano. Se realizar a mudança depois do final do mês de aniversário, as parcelas serão recebidas apenas em 2021.

Leia também: Saque FGTS: como não ter problemas na hora de receber o benefício

Para notificar a Caixa Econômica Federal sobre o desejo, basta assinalar a opção no aplicativo do FGTS, no site do banco ou diretamente em uma agência.

O FGTS é um benefício de direito para todos os brasileiros que trabalham ou trabalharam com carteira assinada.

Para criação do saldo é depositado mensalmente 8% do valor do salário bruto do trabalhador na conta do fundo de garantia.

Tem direito ao dinheiro que está disponível neste fundo, aqueles trabalhadores que trabalharam durante um ano e não foram demitidos por justa causa.

Os beneficiários podem realizar o saque do FGTS de todas as suas contas, sejam elas ativas, do emprego atual, ou inativas de empregos anteriores.

Vale lembrar que ao escolher essa modalidade, o trabalhador perde a possibilidade de saque do valor integral dos depósitos, caso seja demitido.

O que permanece é a multa rescisória de 40% sobre todos os valores depositados pelo último empregador, caso seja demitido sem justa causa. 

A mudança para essa categoria de saque não altera a possibilidade do acesso ao saldo remanescente do FGTS para comprar a casa própria, em caso de aposentadoria ou doença grave.

Aqueles que preferirem receber o dinheiro pelo saque-rescisão, no qual é possível realizar o saque integral do saldo, em caso de demissão, não é necessário fazer nada. 

O recebimento pode ser realizado nas lotéricas, caixas eletrônicos, agências da Caixa e correspondente Caixa Aqui.

É preciso levar um documento de identidade, com o cartão cidadão a senha e o valor é de R$998. Caso queira transferir o dinheiro é possível fazer sem precisar pagar taxa.

Aqueles que possuem conta na Caixa Econômica, terão a quantia depositada em sua conta de forma automática.

Jheniffer FreitasJheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.