Não fez o saque do abono salarial? Veja até quando pode receber

Um novo ano chegou, mas o saque do abono salarial de 2019 continuará sendo feito até o mês de julho. O benefício é concedido para todos aqueles que trabalharam de carteira assinada durante o ano anterior ao de início do calendário, logo considera 2020. O cronograma encerra os depósitos em junho.

Não fez o saque do abono salarial? Veja até quando pode receber
Não fez o saque do abono salarial? Veja até quando pode receber
publicidade

Calendário para saque do abono salarial

Calendário PIS:

Calendário de pagamento do PIS

Leia também: Abono PIS/PASEP será modificado com novo piso? Entenda!

Calendário PASEP:

Calendário de pagamento do Pasep

Para poder receber é preciso ter sido registrado em carteira de trabalho, seja na empresa pública ou privada.

Aqueles que já foram convocados e não retiraram a quantia, ainda têm o direito de sacar o valor, uma vez em que o prazo final é até o dia 30 de junho.

Se perder o prazo?

Ao se encerrar o calendário de 2019-2020, o valor será enviado para o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador) e não poderá mais ser retirado pelo beneficiário. Entretanto, há casos judiciais que permitam que o pagamento seja liberado após o fim do prazo.

A autorização depende dos motivos pelos quais o dinheiro não foi retirado anteriormente e só poderá ocorrer por meio da apresentação de uma defesa legal.

Quem tem direito ao saque do abono salarial?

  • Quem trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2018
  • Ganhou, no máximo, dois salários mínimos, em média, por mês
  • Está inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos

É obrigação da empresa contratante repassar todos os dados do trabalhador para o governo federal

Quem tiver em dúvida e desejar saber se tem ou não o direito de receber, basta entrar em contato por meio dos seguintes canais:

No caso do PIS:

  • No Aplicativo Caixa Trabalhador
  • No site da caixa (www.caixa.gov.br/PIS), clique em “Consultar pagamento”
  • Pelo telefone de atendimento da Caixa: 0800 726 0207

Pasep (servidor público):

  • Pelos telefones da central de atendimento do Banco do Brasil: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas); 0800 729 0001 (demais cidades) e 0800 729 0088 (deficientes auditivos).

Quanto é pago?

O valor varia de acordo com os meses trabalhados, sendo que o máximo é de 1 salário mínimo.

Para o calendário que finaliza este ano, em junho, vale o piso do ano de 2019 em R$998. O cronograma que começará a partir de julho de 2020 contará com o reajuste e vai para R$1.039.

Eduarda AndradeEduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.