DPVAT SP 2020: aprenda a emitir boleto

Atenção motoristas de São Paulo. A rodada de pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) irá começar e com ela deverá ser pago também o DPVAT SP 2020. Após a suspensão da medida que determinava seu cancelamento, o seguro voltará a funcionar e deve ser quitado nos próximos meses.

DPVAT SP 2020: aprenda a emitir boleto
DPVAT SP 2020: aprenda a emitir boleto
publicidade

O pagamento ocorre de acordo com o calendário do IPVA de cada estado. Para emitir o boleto, basta acessar o site da Seguradora Líder, selecionar o estado onde está registrado o automóvel e fornecer a documentação do veículo (número do Renavam e placa).

Leia também: IPVA SP 2020: pagamento começa nos próximos dias; atente-se ao calendário!

Na sequência, basta escolher o ano de vencimento do débito, informar seu e-mail e aprovar a geração do boleto. A guia de pagamento será disponibilizada automaticamente e pode ser quitada em qualquer instituição financeira ou por meio dos aplicativos bancários.

A data de vencimento será a mesma do IPVA da região, uma vez em que o seguro não possui um calendário fixo.

Valores e reajustes no DPVAT SP 2020

Após uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), o seguro 2020 teve seu valor reajustado. O esperado para esse ano é que houvesse uma redução de mais de 60% na cobrança.

Entretanto, a seguradora Líder solicitou que o STF reavaliasse a decisão, reformulando mais uma vez o preço do DPVAT.

Por enquanto, ainda sujeito a mudanças tendo em vista que o processo segue em aberto, os motoristas deverão pagar a mesma quantia de 2019. Serão cobrados R$ 16,21 para automóvel e R$ 84,58 para motocicleta.

Confira os valores do seguro DPVAT 2020 para todos os veículos:

Veículo Valor DPVAT 2020
Automóveis R$ 16,21
Ônibus com cobrança de frete R$ 37,90
Micro-ônibus com frete (até 10 passageiros) R$ 25,08
Ônibus, micro-ônibus e lotações sem cobrança de frete R$ 25,08
Ciclomotores​​ R$ 19,65
Motocicletas, motonetas e similares R$ 84,58
Caminhões R$ 16,77

 

Em caso de inadimplência

É importante ressaltar que o pagamento do DPVAT 2020 é obrigatório. Sem ele o motorista não consegue atualizar seu CRV e CRLV, documentos de comprovação do licenciamento anual do veículo.

O atraso em tais registros pode resultar em multas e também na suspensão do automóvel. O seguro é utilizado como um fundo para pagamento de indenizações aos motoristas e pedestres em caso de acidente de trânsito.

Eduarda AndradeEduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco e formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.