Cadastro Bolsa Família: veja qual a importância de atualizar os dados

Se você é um beneficiário do Bolsa fique atento. O Ministério da Cidadania está realizando um processo de atualização em seus dados, como uma espécie de pente fino, que tem como objetivo desligar os beneficiados que estão com informações incompatíveis ou desatualizadas. Por isso, mantenha seu cadastro Bolsa Família sempre atualizado no local onde fez sua inscrição.

Cadastro Bolsa Família: veja qual a importância de atualizar os dados
Cadastro Bolsa Família: veja qual a importância de atualizar os dados

A principal importância de manter sua documentação em dia é a possibilidade de evitar a suspensão e cancelamento do benefício. Milhares de famílias têm seus auxílios bloqueados por não atenderem as obrigatoriedades do programa que são:

  • Ter uma renda máxima de até R$ 89
  • Crianças com uma frequência escolar mínima de 75%
  • Mulheres grávidas com os exames de pré-natal acompanhadas pelo SUS
  • Crianças e adolescentes com as vacinas em dia

Saiba também: Calendário Bolsa Família 2020: consulte quando vai receber seu benefício

Todos esses registros são acompanhados pelo Ministério da Cidadania. Além disso, é preciso também estar atento em casos específicos que pedem a atualização do cadastro Bolsa Família. Por exemplo:

  • Nascimento ou morte de alguém na família;
  • Saída de um integrante para outra casa;
  • Mudança de endereço;
  • Entrada das crianças na escola ou transferência de escola;
  • Aumento ou diminuição da renda, entre outros.

Essas são as principais informações que devem estar em dia, independente de alterações. A gerência do programa solicita que tais dados sejam atualizados pelo menos a cada dois anos, caso o tempo seja ultrapassado, a família será convocada para um processo de revisão cadastral.

Para poder saber se as informações fornecidas estão corretas, o MDS realiza um cruzamento de dados entre a base do Cadastro Único com demais bancos de registro do governo.

Em caso de divergência há uma convocação por meio do processo de averiguação cadastral.

Tanto a revisão cadastral quanto a averiguação são importantes para evitar que o programa forneça auxílio para pessoas que não precisam ser contempladas, impedindo a entrada daqueles mais necessitados.

É importante ressaltar que o Bolsa Família tem um teto orçamentário anual, determinado pelo governo federal. Ao atingir essa quantia, o projeto fica impedido de receber novos beneficiários, por isso está sempre atualizado sua base de dados.

Atualmente, são mais de 13 milhões de famílias contempladas. Espera-se que o número se mantenha ao longo de 2020.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Cadastro Bolsa Família: veja qual a importância de atualizar os dados

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA