IPTU Maceió é marcado por alto índice de inadimplência

Maceió se destaca quanto ao número de inadimplência no IPTU. Segundo dados divulgados pela Secretaria Municipal de Finanças, a cidade conta com mais de R$ 14 milhões retidos pelo não pagamento do IPTU Maceió. Há um prejuízo de R$ 104 milhões aos cofres públicos, comprovando que cerca de 46% dos contribuintes não estão quitando a cobrança.

IPTU Maceió 2020 é marcado por alto índice de inadimplência
IPTU Maceió 2020 é marcado por alto índice de inadimplência

Segundo o coordenador-geral da Receita, Fábio Soares, o não pagamento do tributo resulta em prejuízos para o próprio município. Ele explica que o recolhimento é utilizado para propor soluções para a cidade e que ao não arrecadar o valor a prefeitura fica em desfalque.

Todo tributo serve para executar políticas públicas, sejam elas, Saúde, Educação, Segurança, Infraestrutura etc. Tudo é feito com base nos tributos, mais especificamente nos impostos, então a ausência deles afeta diferentemente as políticas públicas que deixam de ser implantadas pela ausência do dinheiro”, afirmou Fábio Soares, coordenador-geral da Receita.

Fábio ressalta que o índice de não pagamento de mais de R$ 100 milhões no IPTU Maceió poderia resultar em diversos novos serviços para a região. Embora não saiba dizer exatamente como o dinheiro seria usado, segundo ele os contribuintes acabam por prejudicar a si mesmo não prestando conta do imposto.

Consequências do atraso no pagamento do IPTU Maceió

Por fim, o coordenador relembrou que o atraso pode ser considerando também sonegação de impostos, ocasionando problemas para os titulares dos imóveis. Ter o nome na dívida ativa é a primeira consequência da inadimplência.

O IPTU é um imposto obrigatório e a sua cobrança é de responsabilidade do governo municipal. Com a arrecadação setores de atendimento ao público recebem investimento.

Como, por exemplo, saúde, educação, transporte e infraestrutura. O imposto 2020 pode ser pago, basta acessar o site da prefeitura para emitir o seu boleto. A cota única tem vencimento em 31 de março, mas o valor total pode ser parcelado em 10 vezes.

Proprietários de imóveis na região urbana são os responsáveis por quitar a dívida. Desde casas e terrenos, até salas comerciais e prédios.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

IPTU Maceió é marcado por alto índice de inadimplência

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA