Aposentadoria dos funcionários federais cresceu em 2019; entenda o porquê

No ano em que a Reforma da Previdência foi aprovada e sancionada no país, os reflexos atingiu principalmente os funcionários públicos. E como consequência, trouxe o aumento no pedido das aposentadorias por parte dos servidores no ano de 2019. 

Aposentadoria dos funcionários federais cresceu em 2019; entenda o porquê
Aposentadoria dos funcionários federais cresceu em 2019; entenda o porquê

A Reforma da Previdência trouxe alteração no tempo de contribuição para pedir a aposentadoria. Passando a ser de 65 anos para os homens e 62 anos para as mulheres.

Assim como mudanças no tempo de contribuição para 20 anos para servidores de ambos os sexos. 

Leia também: Novo cálculo do INSS vai subir valor da aposentadoria

Outras mudanças que foram instaladas foi a regra de transição para os trabalhadores, que passaram a pagar um pedágio de 100%.

Isso fez com que os brasileiros que já tinham tempo de contribuição previdenciária pudessem solicitar o benefício. O aumento era esperado, pois as pessoas têm medo de uma perda no salário quando deixarem de exercer sua função.

As expectativas foram confirmadas pelo Painel Estatístico de Pessoal do Ministério da Economia. No ano de 2018, foram concedidas 18.837 novas aposentadorias dos servidores federais, já em 2019 esse número quase dobrou, chegando em 36.024, o que representa o aumento de 91,24%.

Isso somado a reforma e a crise financeira acarretou na queda de arrecadação dos entes federativos, como consequência a gestão pública teve que congelar os salários de diversas categorias de servidores públicos, para evitar mais dívidas. 

No ambiente federal, alguns setores não têm reajuste em seus salários há mais de dois anos. 

O Rio de Janeiro foi um dos estados mais afetados pela crise econômica, os seus servidores são os que mais estão sofrendo pois estão a mais de cinco anos sem aumento. 

Por conta disso, o estado foi um dos que menos pediram aposentadoria, a redução foi de 1,6%, em relação ao último ano.

Segundo dados do Relatório de Estatísticas do Rioprevidência, em 2018, os pedidos foram de 170.126 até dezembro. Já em 2019 os pedidos foram para 167.383 até novembro. 

Neste ano, os servidores tiveram até que fazer greve para que pudessem receber o salário e o 13º por conta da crise do Estado que está indo de mal a pior. 

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Aposentadoria dos funcionários federais cresceu em 2019; entenda o porquê

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA