FGTS anual: veja situações ideais para aderir ao saque aniversário

Termina hoje (31), o prazo livre para os trabalhadores aderirem ao saque-aniversário do Fundo de Garantia do Prazo de Serviço (FGTS). Mas é bom pensar bem, pois uma vez escolhido o trabalhador só poderá mudar novamente após dois anos. 

FGTS anual: veja situações ideais para aderir ao saque aniversário
FGTS anual: veja situações ideais para aderir ao saque aniversário

Os trabalhadores brasileiros têm duas opções de saque de seu dinheiro na conta do FGTS. A primeira é a do saque imediato, no qual o beneficiário pode sacar até R$998, caso ele tenha saldo igual a este em sua conta. 

Veja também: Saque do FGTS: governo vai liberar modalidade que pode chegar a R$6 mil

E a segunda modalidade é a de saque aniversário, no qual o trabalhador só poderá retirar uma parte do dinheiro do fundo no mês do seu aniversário. Veja aqui as situações em que é ideal aderir a esse saque:

Desempregado

Estar nesta condição pode ser uma boa para aqueles que foram demitidos recentemente, por justa causa ou por aqueles que pediram as contas na empresa.

A opção pode ser benéfica a esses trabalhadores, pois só se pode sacar o saldo total da rescisão após três anos de inatividade da conta.

Mas, aqueles que estão se aproximando do período de carência a melhor opção é continuar com o saque-rescisão. 

Aposentadoria

Aqueles trabalhadores que estão perto de se aposentar, o saque-aniversário pode ser bom. Já que o FGTS fica disponível para o saque total. Com isso, o dinheiro fica mais tempo no fundo rendendo para os trabalhadores.

Emprego Estável

Para quem tem um emprego estável escolher essa forma de saque é boa, já que isso pode retirar o risco de ficar desempregado e sem o dinheiro do fundo.

Novos Empregados

Os jovens que entraram recentemente no mercado de trabalho ou que voltaram a ele depois de um tempo longe, escolher essa forma de saque pode ajudar, já que o valor do fundo desse empregado não será alto.

Poupadores

Aqueles que poupam seu dinheiro de forma para fazer uma reserva financeira de emergência, aderir a essa modalidade do FGTS é perfeito para que ao ser demitido o trabalhador não fique sem amparo.

O saque ficará disponível a partir do próximo ano, para que os brasileiros possam retirar o seu saldo seguindo o calendário. No ano de 2021, esses saques serão liberados nos meses de aniversário do beneficiário.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.