Vale a pena aderir o saque aniversário do FGTS? Veja!

O saque-aniversário do FGTS é uma nova modalidade proposta pelo governo do presidente Jair Bolsonaro. Por meio dele é possível que os trabalhadores tenham acesso anual a até 50% do seu fundo de garantia. O pagamento é liberado no mês de aniversário do trabalhador e deve ser feito entre os dias 1 e 10.

Vale a pena aderir o saque aniversário do FGTS? Veja!
Vale a pena aderir o saque aniversário do FGTS? Veja!

Desde o mês de outubro a opção passou a entrar em vigor. Os interessados em aderi-la devem acessar o portal do FGTS para registrar a mudança.

O procedimento é fácil e pode ser feito todo online, sem precisar comparecer a alguma agência da Caixa Econômica. Entretanto, é preciso ficar atento as vantagens e desvantagens da proposta.

Notícia relacionada: Saque imediato do FGTS: fim do calendário, mas saque continua

Em caso de demissão sem justa causa, por exemplo, o trabalhador não poderá mais receber a rescisão do fundo, tendo em vista que já terá feito seu saque anual.

Além disso, após aceitar a proposta, se voltar ao FGTS normal precisará lidar com uma carência anual de dois anos, ficando descoberto em caso de desemprego.

Vantagens e desvantagens do saque aniversário do FGTS:

Para quem acabou de entrar no mercado de trabalho

Nesse caso a modalidade é benéfica, tendo em vista que o valor do FGTS não está alto pois acabou de ingressar na carreira. Sendo demitido, o trabalhador recém contratado não terá grandes perdas financeiras e para ele o depósito de aniversário será mais lucrativo graças a alta rentabilidade do seguro.

Pessoas desempregadas

A adesão depende da situação do trabalhador. Quem foi demitido por justa causa ou se demitiu terá um lucro maior com o saque-aniversário, já que o acesso ao fundo do FGTS só é liberado após três anos de inatividade. Já aqueles que estão desempregados próximo a receber as rescisões é melhor permanecer no fundo tradicional para sacar de uma única vez.

Trabalhadores com estabilidade empregatícia

A nova regra será positiva, já que elimina-se o principal risco da demissão. Nesse caso, sabendo que não há a chance de ficar desempregado aproveitar a rentabilidade do FGTS aniversário será uma ótima forma de juntar dinheiro.

Pessoas próximas da aposentadoria

Não é uma boa escolha. Nesse caso, os trabalhadores devem permanecer na versão tradicional, pois o valor do FGTS será liberado integralmente quando eles se aposentarem. Ao migrar para o saque-aniversário do FGTS perderá o benefício.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Vale a pena aderir o saque aniversário do FGTS? Veja!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA