Tabela de pagamento do INSS 2020 tem datas definidas

Nessa segunda-feira (16), foi divulgado o novo calendário com a tabela de pagamento do INSS 2020. As datas dizem respeito à liberação dos auxílios relacionados à aposentadoria, pensão, auxílio-doença, salário maternidade e auxílio reclusão. O primeiro grupo receberá já no dia 27 de janeiro e o valor varia de acordo com as condições do assegurado.

Tabela de pagamento do INSS 2020 tem datas definidas
Tabela de pagamento do INSS 2020 tem datas definidas

Na tabela do INSS para 2020, receberá primeiro aqueles que tiverem uma renda mensal de até um salário mínimo (R$ 998 esse ano), o que espera-se que seja de R$1.031 para 2020.

A ordem de pagamento será determinada pelo último número do cartão do INSS. Aqueles com o dígito final 1 dão inicio a leva e assim sucessivamente.

Na sequência, receberão aqueles com renda acima do salário mínimo, também obedecendo à ordem dos numerais na tabela de pagamento do INSS.

O valor deve ser depositado sempre nas datas explicitadas e em caso de feriados ou finais de semana entrará na conta dos assegurados no dia seguinte.

Como de costume, os pagamentos se estenderão até o fim do ano, cumprindo o calendário do instituto. Os beneficiários podem acompanhar os depósitos por meio de seus cadastros, acessando do portal do INSS.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
imagem do cartão
Você foi selecionado para ter um cartão de crédito, sem anuidade hoje mesmo.
Faça sua aplicação!
277 pessoas solicitando no momento...

O valor normalmente é debitado diretamente na conta informada e em caso de erro é preciso entrar em contato com o órgão para corrigir as informações.

Novos valores da tabela de pagamento do INSS

Atualmente o valor das aposentadorias está em R$ 998, isso porque ainda não foi definido o piso salarial de 2020.

Caso a quantia seja reajustada para R$ 1.031, como prevê as projeções do governo no projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA), todos os benefícios deverão ser reajustados.

A definição do salário deve ocorrer ainda nessa terça-feira (17), em reunião no Congresso Nacional. Por enquanto, o cenário é de instabilidade e não há previsão quanto a aprovação ou reprovação da proposta.

Caso seja validado, o novo valor do salário mínimo entrará em vigor a partir do dia 1 de janeiro de 2020.

Confira o calendário de pagamento do INSS 2020:

  • Final 1

Para quem ganha até um salário mínimo 27/1; 19/2; 25/3; 24/4; 25/5; 24/6; 27/7; 25/8; 24/9; 26/10; 24/11 e 22/12

Para quem ganha mais de um salário mínimo 3/2; 2/3; 1º/4; 4/5; 1º/6; 1º/7; 3/8; 1º/9; 1º/10; 3/11; 1º/12 e 4/1/2021.

  • Final 2

Para quem ganha até um salário mínimo 28/1; 20/2; 26/3; 27/4; 26/5; 25/6; 28/7; 26/8; 25/9; 27/10; 25/11 e 23/12

Para quem ganha mais de um salário mínimo 4/2; 3/3; 2/4; 5/5; 2/6; 2/7; 4/8; 2/9; 2/10; 4/11; 2/12 e 5/1/2021.

  • Final 3

Para quem ganha até um salário mínimo 29/1; 21/2; 27/3; 28/4; 27/5; 26/6; 29/7; 27/8; 28/9; 28/10; 26/11 e 28/12

Para quem ganha mais de um salário mínimo 5/2; 4/3; 3/4; 6/5; 3/6; 3/7; 5/8; 3/9; 5/10; 5/11; 3/12 e 6/1/2021

  • Final 4

Para quem ganha até um salário mínimo

30/1; 27/2; 30/3; 29/4; 28/5; 29/6; 30/7; 28/8; 29/9; 29/10; 27/11 e 29/12

Para quem ganha mais de um salário mínimo 6/2; 5/3; 6/4; 7/5; 4/6; 6/7; 6/8; 4/9; 6/10; 6/11; 4/12 e 7/1/2021.

  • Final 5

Para quem ganha até um salário mínimo 31/1; 28/2; 31/3; 30/4; 29/5; 30/6; 31/7; 31/8; 30/9; 30/10; 30/11 e 30/12

Para quem ganha mais de um salário mínimo 7/2; 6/3; 7/4; 8/5; 5/6; 7/7; 7/8; 8/9; 7/10; 9/11; 7/12 e 8/1/2021

  • Final 6

Para qualquer valor 3/2; 2/3; 1º/4; 4/5; 1º/6; 1º/7; 3/8; 1º/9; 1º/10; 3/11; 1º/12 e 4/1/2021.

  • Final 7

Para qualquer valor 4/2; 3/3; 2/4; 5/5; 2/6; 2/7; 4/8; 2/9; 2/10; 4/11; 2/12 e 5/1/2021

  • Final 8

Para qualquer valor 5/2; 4/3; 3/4; 6/5; 3/6; 3/7; 5/8; 3/9; 5/10; 5/11; 3/12 e 6/1/2021

  • Final 9

Para qualquer valor

6/2; 5/3; 6/4; 7/5; 4/6; 6/7; 6/8; 4/9; 6/10; 6/11; 4/12 e 7/1/2021.

  • Final 0

Para qualquer valor 7/2; 6/3; 7/4; 8/5; 5/6; 7/7; 7/8; 8/9; 7/10; 9/11; 7/12 e 8/1/2021

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.