SPC prorroga feirão para negociação de dívidas

Nova oportunidade para limpar o nome na praça. O Feirão online do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) foi prorrogado. Com encerramento previsto para esse domingo (15), o evento acontecerá até a próxima segunda-feira (23), oferecendo descontos de 90% nas dividas em atraso.

SPC prorroga feirão para negociação de dívidas
SPC prorroga feirão para negociação de dívidas

A ação conta com mais de 140 empresas participantes, entre elas, bancos, consórcios, operadoras de telefonia, construtoras, supermercados e empresas do comércio e do ramo de serviços.

Por meio do feirão é possível renegociar os débitos obtendo descontos de pagamento e também a possibilidade de repensar as parcelas e novos prazos de pagamento.

Leia mais: Uso do orçamento familiar gera alerta sobre dívidas

Ao todo, são 15 cidades participantes, entre elas: São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Recife, Goiânia, Cuiabá, São Luis, Teresina, Rio Branco e Manaus, Feira de Santana (BA), Ibirité (MG), Pato Branco (PR) e Santo Antônio da Platina (PR).

Feirão online do SPC: como usar o serviço

  • Verifique no site do feirão se a empresa para a qual ele está devendo está participando
  • Faça um cadastro no mesmo site
  • Após a confirmação do cadastro, consulte o seu CPF para checar se tem alguma pendência. Essa consulta é gratuita
  • Se tiver alguma dívida, verifique se ela está disponível para renegociação dentro do próprio site
  • Após a renegociação, o consumidor pode baixar os boletos com as novas condições de pagamento

Segundo levantamentos do SPC Brasil, a maioria das dívidas em aberto no território nacional estão relacionadas a instituições financeiras. 53% dos consumidores têm débitos com seus bancos, seja por atraso de cartão, cheque especial ou empréstimos.

Já no comercio o valor é de 17%. As empresas de comunicação, como Tim, Oi, Vivo, entre outras obtém uma parcela de 12%, e contas de água e luz ficaram com 10%.

Para Roque Pellizzaro Junior, presidente do SPC, realizar o evento no fim do ano é uma decisão estratégica, tento em vista que os devedores terão recebido o 13º salário e agora os recursos do FGTS (saque-imediato).

Ele ressalta que trata-se de uma ótima oportunidade para encerrar os débitos e começar 2020 sem demais preocupações.

“Quem está inadimplente deve priorizar o pagamento de dívidas com esse dinheiro. Estamos nos aproximando das festas natalinas, que é um período em que todos gostam de presentear e aproveitar as promoções. Para isso, é importante fazer um esforço para quitar as dívidas e consumir com responsabilidade para não reincidir nos atrasos”, disse.

 

Eduarda AndradeEduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.