PIS, Bolsa Família e novo FGTS: tudo o que você precisa saber sobre a última semana

Nesta última semana, entre 9 e 13 de dezembro,os brasileiros lidaram com diversas novidades relacionadas ao seu bolso. Entenda o que aconteceu nesse período, ganhando destaque o PIS, Bolsa Família e o novo saque do FGTS.

PIS, Bolsa Família e novo FGTS: tudo o que você precisa saber sobre a última semana
PIS, Bolsa Família e novo FGTS: tudo o que você precisa saber sobre a última semana
  • PIS

O abono salarial que é destinado aos trabalhadores de empresas privadas iniciou o pagamento nesta última semana pela Caixa Econômica Federal, aos nascidos no mês de dezembro.

Esse benefício é feito para os trabalhadores de baixa renda, ele é considerado um 14º salário sendo depositado todos os anos.

Leia também: Entenda como sacar o abono do PIS

Os brasileiros que têm direito a receber o PIS, devem ter trabalhado por pelo menos 30 dias, com carteira assinada, no ano de 2018. 

Além disso, o trabalhador precisa  ter ganho no máximo dois salários mínimos por mês, durante o período em que trabalhou.

O valor pago é proporcional ao período em de trabalho registrado durante o ano. Caso o beneficiado registrar 12 meses, ou seja, um ano, ele terá direito de receber um salário mínimo, que hoje é de R$998. 

O prazo para os trabalhadores retirarem o dinheiro no banco é de 30 de junho de 2020 para sacar seu abono, perdem o benefício, já que ele vai para Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

  • Bolsa Família

Nesta semana, o governo deu início ao pagamento do 13° salário do Bolsa Família aos beneficiários do programa. Essa é a primeira vez que os participantes recebem o salário extra. A parcela foi paga junto com o benefício que já é recebido mensalmente. 

Os dias para a realização do pagamento variam de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS), que também é chamado de PIS ou NIT, seguindo o calendário do programa.

Leia também: Calendário do 13° do Bolsa Família termina no dia 23; confira datas!

Os beneficiários que têm o NIS com final 1, 2, 3, e 4 foram beneficiados já essa semana. Os demais recebem a partir de segunda-feira (16).

O valor recebido pelos inscritos no programa é o mesmo que já é recebido nas parcelas mensais, variando de família para família.

  • Novo Saque do FGTS

A medida provisória 889/19, do deputado Hugo Motta (Republicanos –PB), foi aprovada pelo presidente Jair Bolsonaro.

A medida tinha como proposta aumentar o valor do saque imediato das contas do FGTS de R$ 500 para R$ 998 reais, valor do salário mínimo do país.

Terão direito de sacar o restante desse dinheiro que estará disponível, aqueles trabalhadores tiverem em sua conta um saldo igual a R$998. O dinheiro pode ser retirado de todas as contas do trabalhador, ativas ou inativas. 

Leia também: Aumento no FGTS vai beneficiar milhares; veja!

Com essa aprovação, os trabalhadores que estão dentro dos requisitos e já sacaram os R$500, que estavam liberados, poderão voltar aos bancos e retirar o restante do seu dinheiro a partir de sexta-feira, dia 20.

Os trabalhadores com conta corrente no banco da Caixa terão o seu dinheiro depositado de forma automática em suas contas.

Agora, os trabalhadores que não possuem conta no banco deverão ir até uma agência da Caixa, com seus documentos  e realizar o saque na boca do caixa.

A partir da publicação no Diário Oficial da União, na quinta-feira (12), a medida se tornou lei e será válida para os outros anos em que serão realizados os saques do FGTS. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.