Definida data para liberar saque de R$998 do FGTS

O presidente Jair Bolsonaro aprovou a medida provisória 889/19, que foi proposta pelo deputado Hugo Motta (Republicanos–PB) sobre o fundo de garantia. Após essa aprovação, o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou que já foi definida a data para que os trabalhadores possam realizar o saque de R$998 do FGTS.

publicidade
Definida data para liberar saque de R$998 do FGTS
Definida data para liberar saque de R$998 do FGTS

A medida aprovada tinha como proposta aumentar o valor do saque imediato das contas do FGTS de R$ 500 para R$ 998 reais, valor do salário mínimo do país.

O presidente do banco já havia anunciado quando soube da aprovação,, que seriam disponibilizados pelo governo R$2,5 bilhões para o pagamento de 10 milhões de trabalhadores, até o Natal.

publicidade

“Estamos prontos (para fazer esses pagamentos). Já havíamos nos preparado para isso. Temos a total capacidade de realizar os pagamentos antes do Natal”, disse o presidente da Caixa pela manhã.

Por meio de uma live realizada no Facebook, na noite desta quinta-feira (12), Guimarães anunciou que os pagamentos serão liberados no dia 20 de dezembro. Não há previsão de que seja criado um calendário específico para o saque de R$998 do FGTS. 

Os trabalhadores que poderão sacar o restante desse dinheiro disponível na próxima sexta-feira (20), são aqueles que optaram por realizar o saque imediato. 

Além disso, os trabalhadores precisam ter acumulado em sua conta do FGTS um saldo de no máximo R$998, até o dia 24 de julho deste ano. Data em que a medida do saque imediato entrou em vigor.

Os brasileiros que tiverem no fundo um dinheiro maior que R$998 poderão sacar apenas os R$500. Os trabalhadores podem fazer esse saque das contas ativas ou inativas.

Aqueles que tiverem conta corrente no banco da Caixa Econômica terão o seu dinheiro depositado de forma automática em suas contas.

publicidade

Agora, os trabalhadores que não possuem conta no banco deverão ir até uma lotérica ou agência da Caixa Econômica, com seus documentos  e realizar o saque na boca do caixa.

Todos terão até o dia 31 de março do próximo ano, 2020, para receber a quantia. Seja o valor integral de R$998 ou o restante de R$498. 

Caso opte por não realizar o saque, o valor retorna automaticamente para a conta do FGTS. A volta desse dinheiro para o fundo não causará prejuízo na rentabilidade do período.

publicidade

Os trabalhadores que optaram pelo saque-aniversário começaram a sacar o seu dinheiro no mês de abril do próximo ano, 2020. Esses poderão realizar os saques anualmente.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.