Proposta pode garantir salário extra no Bolsa Família

Este ano, os beneficiários do programa irão receber do governo o pagamento do salário extra no Bolsa Família com o 13º salário. Esse crédito estava garantido apenas para 2019, mas uma proposta quer garantir que o benefício seja pago todos os anos aos cadastrados.

Proposta pode garantir salário extra no Bolsa Família
Proposta pode garantir salário extra no Bolsa Família

O governo iniciou o pagamento do décimo terceiro salário no dia 10 de dezembro. Essa é a primeira vez que as famílias receberão um salário extra no Bolsa Família, desde a sua criação e implantação que ocorreu no ano de 2003.

O presidente Jair Bolsonaro já havia prometido em sua campanha eleitoral que iria conceder o benefício para os cadastrados que já recebiam auxílio financeiro do programa. No mês de abril, o governo já divulgava o pagamento do 13º salário, porém, apenas no mês de outubro o texto da medida provisória foi aprovada.

Leia também: Governo promete adicionais no valor do Bolsa Família

Atualmente, o salário está garantido apenas para 2019, mas um senador quer fazer com que esses benefício faça parte do calendário de pagamento em todos os anos. 

O projeto foi apresentado pelo senador Ciro Nogueira (PP) ao plenário do Senado. A proposta tem como objetivo tornar fixa a parcela do 13º aos brasileiros que estão inscritos no Bolsa. 

No Estado do Piauí, no qual o senador Nogueira foi eleito, 444 mil famílias irão receber o salário extra do Bolsa Família em dezembro.

Este é  um programa que faz transferência direta de renda para famílias que se encontram em situação de extrema pobreza e pobreza no Brasil. Para o último mês do ano o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) divulgou que os contemplados receberam em média R$380 por família. 

Para que o projeto apresentado pelo senador seja realmente firmado, depende de discussão entre senadores e deputados. Estudo do orçamento do projeto para os próximos anos e enfim, a sanção do presidente para tornar o crédito obrigatório em todos os governos.

O pagamento do 13º está sendo feito em conjunto com a parcela já recebida mensalmente. O valor que será pago é o mesmo que a família recebe mensalmente, ou seja, será como se a família estivesse recebendo dois salários de uma única vez.

Já os dias para receber o salário variam de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS), que também é chamado de PIS ou NIT, seguindo o calendário do programa.

Os beneficiários que têm o último dígito do NIS o número 1, 2 ou 3, já podem ir até o banco para retirar o seu dinheiro.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Proposta pode garantir salário extra no Bolsa Família

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA