Neon mira nos microempreendedores para sucesso da fintech 

A fintech Neon Pagamentos colocou em sua mira os microempreendedores individuais (MEI). Para dar crédito ao seu foco, o banco comprou no mês de setembro a MEI Fácil, a empresa enxergou nesse tipo de negócio uma possibilidade de expansão de seus serviços.

publicidade
Neon mira nos microempreendedores para sucesso da fintech 
Neon mira nos microempreendedores para sucesso da fintech

A MEI Fácil, empresa que foi fundada em São Paulo no ano de 2017 foi adquirida pela fintech como parte do plano da empresa de se tornar a maior no seu segmento dentro do Brasil.

A plataforma MEI Fácil oferece soluções focadas em microempreendedores como soluções para maquininha de cartão, contabilidade, e até gestão online do CNPJ.

publicidade

Saiba mais: Neon zera taxa para transferência e depósitos na conta digital

Após a compra da empresa a Neon viu o aplicativo da companhia crescer e ser baixado por mais de 9 milhões de pessoas, um recorde para a marca.

Os cadastros realizados já somam mais de 3,3 milhões e os clientes ativos da fintech estão em torno de 1,6 milhão.

Com a compra da MEI fácil, a Neon irá passa a oferecer aos seus cliente pacotes mais completos, voltados para os micro e pequenos empreendedores, já que esse é um público pouco atendido pelos bancos tradicionais brasileiros. 

Além de querer se tornar a principal fintech do Brasil, a Neon acredita que pode ajudar também no aumento do Produto Interno Bruto (PIB) do país, gerando assim um impacto social, visto que as pequenas empresas representam 27% desse número, de acordo com dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

A rede bancária pretende oferecer também aos seus clientes empresários de pequeno porte, e para os profissionais autônomos, acesso ao portfólio de produtos financeiros que o banco tem a disposição.

publicidade

Entre esses produtos serão oferecidos geração de boletos, maquininha de cartão, conta digital e cartão de investimentos.

A empresa passou a ter como foco o público-alvo de  pequenos empreendedores e empresas em novembro de 2018, quando lançou a sua conta denominada Pejota, que é uma conta digital jurídica, e não possui anuidade ou taxa de cartão de débito. Além de contar com emissão de boleto e transferência aos seus usuários.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

No mesmo ano em que lançou essa conta a empresa passou por uma crise, já que o seu parceiro o Banco Neon foi liquidado pelo Banco Central. Porém meses depois encontrou outro parceiro para fazer negócios.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.