Consulta ao último lote da restituição do IRPF estará disponível segunda-feira (9)

A partir desta segunda-feira (9), os brasileiros poderão consultar o sétimo e último lote de restituição do IRPF 2019. Além dos valores do ano passado, a rodada também contemplará as declarações feitas a partir do ano de 2008 que apresentam pendências.

Consulta ao último lote da restituição do IRPF estará disponível segunda-feira (9)
Consulta ao último lote da restituição do IRPF estará disponível segunda-feira (9)

O pagamento será iniciado na semana seguinte, na segunda-feira (16) e seu valor será creditado na conta bancária fornecida pelo contribuinte.

Segundo dados do governo federal espera-se que cerca de 320.606 brasileiros recebam até R$ 700 milhões nesta cota da restituição do IRPF.

Leia também: Imposto de Renda pode ter isenção “próximo de R$2 mil”, segundo presidente

O calculo do pagamento é feito a partir da taxa básica de juros, a Selic. Seus percentuais variam de 4,4% (maio de 2019) a 112,68% (declarações entregues em 2008).

Como consultar a restituição do IRPF?

Quem desejar saber a quantia exata pode acessar o site da Receita Federal ou ligar para o atendimento pelo número 146. Há também a possibilidade de conferir via aplicativo, disponível na versão IOS e Android.

Basta baixar o Pessoa Física, inserir os dados pessoais, efetuar o cadastro e acompanhar a movimentação. Ele também informa as datas de pagamento e esclarece demais dúvidas sobre o IR.

É importante lembrar que o pagamento da restituição ao cair na conta não sofrerá alterações de valores.

O que fazer se não pagarem a restituição do IRPF?

Quem não tiver recebido, deve entrar em contato com a Receita Federal ou com o Banco do Brasil para se informar se há algum erro no registro.

Para dar entrada no protocolo, basta ir até uma agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento: 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Sobre o Imposto de Renda

Trata-se de um tributo cobrado pelo governo a partir dos gastos realizados pela população. A cobrança varia por pessoa e só passa a ser obrigatória a partir do rendimento de cada uma delas. Anualmente, é preciso que o contribuinte preste contas de todas as suas despesas e da renda que entrou em sua conta.

Pagamento de escola, plano de saúde, universidade, aluguel e até mesmo compras e parcelas de cartão de crédito são levadas em consideração na hora de fazer a declaração.

Devem declarar Imposto de Renda

  • Contribuintes que receberam ao longo de 2019, rendimentos tributáveis(salário, veículo e pensão alimentícia, por exemplo) que totalizaram mais de R$ 28.559,70;
  • Assalariados, aposentados ou pensionistas com renda mensal superior a R$ 1.903,98;
  • Contribuintes que tiveram rendimentos não tributáveis(seguro desemprego, vale transporte e indenização por roubo, por exemplo) acima de R$ 40.000,00.
  • Enquanto isso, para trabalhadores rurais é obrigatório fazer a declaração do imposto de renda, caso o rendimento anual bruto de renda rural tenha sido superior a R$ 128.308,50;
  • Contribuintes que investiram qualquer valor em ações em bolsa, criptomoedas ou similares;
  • Contribuintes com imóvel ou terrenos em suas posses, com valor superior a R$ 300 mil;

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA