Acabou nesse sábado (30), o prazo para os motoristas paranaenses que desejavam ter descontos no pagamento do IPVA se cadastrarem no programa estadual Nota Paraná. Segundo dados divulgados pelo governo estadual, em 2019 foram mais de 3,9 milhões de veículos cadastrados e emplacados. Ao todo, 134 mil conseguiram seus descontos por meio do programa, batendo um recorde de pagamentos na região.

Nota Paraná bate recorde no IPVA 2020
Nota Paraná bate recorde no IPVA 2020

Dados divulgados nessa segunda-feira (02), mostram que apesar de apenas 5% da frota terem aproveitando o benefício, o IPVA teve o maior número de pagamento dos últimos anos. Em 2019, foram pagos o imposto de 127 mil carros, já em 2018 a quantia ficou em 108 mil veículos.

Segundo o governo estadual, o valor de quitação do tributo chegou a R$ 16,9 bilhões, sendo o maior já registrado. No ano passado, tinha sido levantado R$ 15 milhões.

Saiba também: IPVA de motocicleta é mais barato? Saiba aqui!

Os agentes públicos e demais representantes do Nota Paraná afirmam que liberar os descontos do programa foi um incentivo para que os motoristas regularizassem suas dívidas com o poder público.

O valor total deve ser investido na própria região, tendo em vista que a renda obtida por meio do imposto é repassada para ações de saúde, educação, moradia, cultura e mais. O governo fechará as contas de 2019 em alta e poderá começar 2020 com seus cofres mais folgados.

Nota Paraná

O programa tem como objetivo fornecer descontos a sociedade civil por meio de notas fiscais. Quem realizar compras em farmácias, supermercados, postos de gasolina e demais serviços, fornecendo o CPF, acumula pontos que devem se transformar em descontos.

Além do IPVA, é possível também aplicar as ofertas no pagamento do IPTU. Os cadastrados podem receber até 30% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sob a apresentação das notas fiscais de suas compras.

Para transferir os créditos, basta acessar o site do programa e selecionar a opção “Minha Conta Corrente”. Em seguida, é necessário clicar na opção “Transferir crédito para pagamento”. Além do site, é possível também realizar o procedimento por meio do aplicativo. Disponível na versão IOS e Android, ele disponibiliza as mesmas funções da web.

Eduarda Andrade é graduanda em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). Além de redatora do FDR, atua como estagiária da Agência de Desenvolvimento Econômico do Estado-PE e pesquisadora UNICAP/CNPq com projetos na área de Economia Criativa, Políticas Públicas e Tecnologia da Informação e da Comunicação.