O ano novo está chegando e com ele um novo calendário de pagamento do IPTU 2020. Intitulado de Imposto Predial e Territorial Urbano, trata-se de uma taxa cobrada aos proprietários de imóveis ou terrenos em todo o território brasileiro. Seu valor é cobrado através das prefeituras dos municípios e precisa ser pago anualmente.

IPTU 2020: como consultar valor do imposto?
IPTU 2020: como consultar valor do imposto?

Tem a obrigação de prestar conta com o governo os proprietários de imóveis ou terrenos devidamente registrados. Seu valor varia de acordo com o tamanho da expansão do bem e é calculado a partir do valor de venda. Quanto maior e mais caro a venda do espaço, mais elevada é a taxa do imposto.

Apesar de ser algo exigido há anos, ainda assim muitos ficam com dúvidas na hora de quitar a dívida. Nesse caso, é possível consultar o valor a partir do número de inscrição do imóvel. O procedimento pode ser feito tanto online quanto presencialmente.

Leia também: Vereadores votam por novas regras no IPTU de Recife

Consulta ao IPTU 2020

  • Na Prefeitura Municipal

A primeira opção é aquela onde o proprietário pode ir até a sede da prefeitura de sua cidade (ou da cidade onde está o imóvel) e pedir para que os servidores realizem a consulta. Para isso, é preciso apresentar os documentos que comprovem que ele seja o dono do imóvel, por meio da apresentação do número de inscrição.

Para consultar na prefeitura é preciso levar os seguintes documentos:

  • RG E CPF;
  • Endereço completo e CEP do imóvel;
  • Inscrição do imóvel;
  • CNPJ, caso o imóvel esteja cadastrado em nome de pessoa jurídica.

A lista de documentos pode ser diferente para cada cidade.

  • Consultar via internet

A segunda opção é online, proporcionando uma maior comodidade. Para isso, basta acessar o site da prefeitura onde está o imóvel, procurar pela opção IPTU ou impostos e informar a mesma documentação acima.

Na sequência, é preciso selecionar o ano do exercício do imposto e clicar em consultar. O valor aparecerá na tela junto com os prazos de pagamento.

Além disso, o portal também permite a emissão da segunda via do boleto e verificar se há alguma pendência com a prefeitura.

Por fim, é possível também entrar em contato pelas centrais de atendimento telefônicas. Cada cidade apresenta um número diferente, também presentes nos sites dos municípios.

Eduarda Andrade é graduanda em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). Além de redatora do FDR, atua como estagiária da Agência de Desenvolvimento Econômico do Estado-PE e pesquisadora UNICAP/CNPq com projetos na área de Economia Criativa, Políticas Públicas e Tecnologia da Informação e da Comunicação.