ANÚNCIO

O ano novo está chegando e com ele um novo calendário de pagamento do IPTU 2020. Intitulado de Imposto Predial e Territorial Urbano, trata-se de uma taxa cobrada aos proprietários de imóveis ou terrenos em todo o território brasileiro. Seu valor é cobrado através das prefeituras dos municípios e precisa ser pago anualmente.

IPTU 2020: como consultar valor do imposto?
IPTU 2020: como consultar valor do imposto?
ANÚNCIO

Tem a obrigação de prestar conta com o governo os proprietários de imóveis ou terrenos devidamente registrados. Seu valor varia de acordo com o tamanho da expansão do bem e é calculado a partir do valor de venda. Quanto maior e mais caro a venda do espaço, mais elevada é a taxa do imposto.

Apesar de ser algo exigido há anos, ainda assim muitos ficam com dúvidas na hora de quitar a dívida. Nesse caso, é possível consultar o valor a partir do número de inscrição do imóvel. O procedimento pode ser feito tanto online quanto presencialmente.

Leia também: Vereadores votam por novas regras no IPTU de Recife

Consulta ao IPTU 2020

  • Na Prefeitura Municipal

A primeira opção é aquela onde o proprietário pode ir até a sede da prefeitura de sua cidade (ou da cidade onde está o imóvel) e pedir para que os servidores realizem a consulta. Para isso, é preciso apresentar os documentos que comprovem que ele seja o dono do imóvel, por meio da apresentação do número de inscrição.

Para consultar na prefeitura é preciso levar os seguintes documentos:

  • RG E CPF;
  • Endereço completo e CEP do imóvel;
  • Inscrição do imóvel;
  • CNPJ, caso o imóvel esteja cadastrado em nome de pessoa jurídica.

A lista de documentos pode ser diferente para cada cidade.

  • Consultar via internet

A segunda opção é online, proporcionando uma maior comodidade. Para isso, basta acessar o site da prefeitura onde está o imóvel, procurar pela opção IPTU ou impostos e informar a mesma documentação acima.

Na sequência, é preciso selecionar o ano do exercício do imposto e clicar em consultar. O valor aparecerá na tela junto com os prazos de pagamento.

Além disso, o portal também permite a emissão da segunda via do boleto e verificar se há alguma pendência com a prefeitura.

Por fim, é possível também entrar em contato pelas centrais de atendimento telefônicas. Cada cidade apresenta um número diferente, também presentes nos sites dos municípios.

Maria Eduarda Andrade, mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.