Neste mês de dezembro serão realizados os últimos pagamentos do calendário FGTS para quatro novos grupos de trabalhadores. Os benefícios liberados vão incluir os trabalhadores que optaram pela modalidade do saque imediato. 

Calendário FGTS: confira pagamentos de dezembro 
Calendário FGTS: confira pagamentos de dezembro 

Os trabalhadores nascidos nos últimos meses dos anos, entre setembro e dezembro, poderão sacar o seu benefício. Os saques poderão ser realizados entre os dias 6 a 18 de dezembro. 

Cada titular pode receber até R$500 por conta do fundo, seja ativa ou inativa. As quantias podem se acumular, e devem ser retiradas pelo próprio beneficiado.

Leia também: Perdeu o prazo do FGTS? Saiba até quando sacar R$ 500

Quem tem conta poupança na Caixa Econômica Federal recebe parte do fundo automaticamente. Os demais precisam autorizar o depósito, e quem não tem vínculo bancário com a rede recebe com datas determinadas no calendário.

Calendário FGTS

Mês de aniversário | Data início do Saque 

  • Janeiro: 18 de outubro de 2019
  • Fevereiro: 25 de outubro de 2019
  • Março: 25 de outubro de 2019
  • Abril: 08 de novembro de 2019
  • Maio: 08 de novembro de 2019
  • Junho: 22 de novembro de 2019
  • Julho: 22 de novembro de 2019
  • Agosto: 29 de novembro de 2019
  • Setembro: 06 de dezembro de 2019
  • Outubro: 06 de dezembro de 2019
  • Novembro: 18 de dezembro de 2019
  • Dezembro: 18 de dezembro de 2019

Já foram pagas 8 rodadas desses benefício, que ainda poderão ser sacados até o próximo ano. A liberação acontece apenas no ano de 2019. Em 2020 os saques funcionarão de outra forma, disponíveis para retiradas anuais. 

Inicialmente pode ser recebido o limite de R$500 por conta. Mas, deputados e senadores votaram à favor do aumento na disposição de saque.

A medida pretende aumentar o valor do saque imediato das contas do FGTS de R$ 500 para R$ 998 reais, valor atual do salário mínimo do país. Podem receber o benefício adicional quem tem em conta no fundo de garantia valor igual ao piso salarial de R$998. 

Para receber até R$ 100 pode comparecer até uma casa lotérica, apenas com a apresentação do CPF e de um documento de identificação.

Para sacar valores acima de R$ 100 reais, é necessário ter documento de identificação e senha cidadão ou cartão cidadão e senha. Os saques podem ser realizados nas lotéricas, autoatendimento, agências e correspondentes.

Caso o trabalhador não possua o Cartão do Cidadão, poderá sacar nos caixas eletrônicos da Caixa utilizando o CPF e a Senha Cidadão. Caso o saque seja realizado na agência, é necessário apresentar documento de identidade com foto, número do CPF e Carteira de Trabalho ou Cartão Cidadão e senha.

A Caixa informou que não será cobrada tarifa quando o trabalhador optar por transferir o valor do saque imediato para outros bancos.

Jheniffer Freitas é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). É redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças diariamente.