Simulador do Tesouro Direto ajuda a descobrir se investimento vale a pena

Quem está por dentro das mudanças do mercado financeiro com certeza já ouviu falar no Tesouro Direto. Trata-se de uma forma de investimento financeiro que tem como finalidade proporcionar uma boa margem de lucro a partir do valor registrado. Atualmente, o programa conta com mais de 2 milhões de cadastrados e é visto como uma das formas mais seguras rentáveis para investidores.

Simulador do Tesouro Direto ajuda a descobrir se investimento vale a pena
Simulador do Tesouro Direto ajuda a descobrir se investimento vale a pena

Entretanto, aqueles que não obtém conhecimento ficam com receio de depositar seu dinheiro sem antes saber os benefícios e malefícios da ação. Para atender a esse grupo em específico, o Tesouro Direto criou um simulado onde é possível calcular os investimentos. Por meio dele, o possível investidor pode saber onde e quando é válido investir.

Leia também: Investimento no Tesouro Direto começa a partir de R$30

Conheça o simulador

O cálculo é feito a partir dos valores e prazos determinados pelo investidor. Para simular o é preciso saber qual o título mais indicado para o seu objetivo, na sequência você terá duas opções: investir ou fazer a simulação.

Ao optar pela segunda alternativa você deverá informar o quanto deseja investir hoje e o quanto quer resgatar no futuro. Por fim, informará se deseja aplicar o valor de uma única vez ou se fará depósitos mensais.

Feito isso, o site apresentará o resultado da simulação a partir de um gráfico que compare o rendimento do Tesouro com demais aplicações financeiras.

O rendimento do Tesouro Direto

O rendimento varia de acordo com a escolha dos títulos, ao todo o investidor conta com três formas diferentes (tesouro-hibrido, tesouro-prefixado e tesouro pós-fixado). Cada modalidade apresenta taxas e prazos específicos e por isso é importante estar atento a qual delas atende melhor as suas necessidades.

Como investir no Tesouro Direto

Investir no Tesouro Direto é um processo bem simples:

  • É preciso abrir uma conta em uma corretora de valores.
  • Em seguida, você deve solicitar que a corretora efetue o seu cadastro no programa do Governo Federal. Algumas corretoras já fazem esse cadastro automaticamente quando você abre uma conta.
  • Depois dos procedimentos de cadastro, você pode fazer login no site do Tesouro Nacional para adquirir os seus títulos, ou comprar diretamente pela plataforma da sua corretora.

Acesse o site do simulador.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA