Na semana da Black Friday lojas iniciam maratona de descontos

Varejistas ansiosos. Essa semana acontece uma das datas mais importantes do calendário comercial, a Black Friday. Marcada para essa sexta-feira (29), a última do mês de novembro, o evento promete índices de venda ainda maiores do que 2018 e já vem movimentando diversos shoppings e demais centros de compra.

Na semana da Black Friday lojas iniciam maratona de descontos
Na semana da Black Friday lojas iniciam maratona de descontos

Apesar de a data oficial ser apenas no fim da semana, inúmeras marcas já estão liberando descontos para atrair os clientes. As promoções vêm surgindo como uma espécie de corrida e têm como prêmio final um faturamento que pode significar até o dobro se comparado aos demais meses do ano.

Segundo pesquisas realizadas pela Ebit, 89% dos brasileiros deixaram de comprar durante o mês de setembro para poder aproveitar as ofertas. Eletrônicos, eletrodomésticos, vestuário. A expectativa é de garantir os mais diversos produtos com preços bem abaixo do mercado.

Notícia relacionada: Durante Black Friday Banco Inter oferece cashback em dobro

Entretanto, é preciso estar atento as “ofertas” realizadas ao longo dessa semana. Fabio Carneiro, head comercial da Promobit, enfatiza que diversas marcas oferecem falsos descontos, antes mesmo da Black Friday, apenas para garantir seu lugar na corrida de vendas.

“Se apropriar do nome Black é um importante chamariz para promoções fortes no mês. Outro fator que influencia esse movimento é uma estratégia de muitos varejistas de adiantarem suas promoções para não terem que concorrer com players maiores e que conseguem trabalhar com uma margem menor”, diz.

Segundo um levantamento da Promobit, a maioria dos descontos realizados na semana que antecede a Black Friday não valem a pena. Os dados relevam que há, em alguns casos, uma redução mínima dos valores, de 1562 na média mensal de 2019 para 1536 neste ano.

Vejam as marcas que já estão em clima de oferta da Black Friday:

Latam

Desde a última sexta-feira, a companhia aérea está ofertando descontos em passagens, pacotes e pontos. Entre as estratégias utilizadas, a marca vem pedindo para que seus clientes informem quais os destinos devem ganhar preços especiais.

Mac

Uma das maiores redes de maquiagem, a Mac está com descontos de até 50% em diversos produtos, estejam eles em suas lojas físicas ou online. Além disso, compras acima de R$299 estão garantindo brindes extras.

Netshoes

Para sair na frente, a marca aderiu ao Black November, oferecendo descontos de até 80% em seus produtos. Quem fizer compras acima de R$ 99 não precisa pagar frete.

Casas Bahia

Além de já estar com produtos em desconto, a marca fixou um preço máximo em seu frete que fica por R$ 9,99 para qualquer compra e endereço.

Magazine Luiza

Vem se destacando por meio do aplicativo que oferece descontos exclusivos para os clientes cadastrados. A campanha intitulada Toda Black vem acontecendo desde o inicio do mês.

Americanas.com

Conhecida por suas ofertas, as Americanas já está oferecendo descontos de até 60% em seu site. Chamada de Red Friday, a campanha conta com cupons de descontos e uma seleção de produtos com preços abaixo do mercado no aplicativo.

Pão de Açúcar

A rede de supermercado está dando 30% de descontos em cervejas e 50% em outras bebidas alcoólicas e refrigerantes.

Carrefour

Os clientes da rede estão aproveitando compras com até 50%, frete grátis e parcelamento em até 12 vezes sem juros.

Mercado Livre

A campanha Novembro Black conta com produtos com até 70% de descontos e entrega em todo o Brasil.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.