O banco Inter anunciou a nova redução de taxa no juros de financiamento imobiliário, antes de 8,8% passa a ser de 7,7% ao ano mais a Taxa Referencial (TR). O banco ressaltou em comunicado que essa é a terceira redução nas taxas de crédito imobiliário desde o ano passado, passando de 12% mais Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para a taxa atual de 7,7%.

Banco Inter anuncia redução de juros no crédito imobiliário
Banco Inter anuncia redução de juros no crédito imobiliário

A divulgação da decisão veio após o anúncio de redução de taxas do banco Itaú, Banco Bradesco e da Caixa Econômica Federal. Em nota, o vice-presidente executivo do Banco Inter, Marco Túlio Guimarães afirmou que a redução de juros é muito vantajosa, pois apresenta uma grande economia em contratos longos.

Leia também: Banco Inter permite cashback em dois de seus serviços

O banco disponibiliza ainda um simulador de financiamento imobiliário, após simular é necessário seguir o passo a passo abaixo para realizar a contratação do crédito.

A primeira etapa é realizar o cadastro da Melhortaxa, a equipe Banco Inter entrará em contato de modo a verificar qual será a proposta de financiamento oferecida. Ao ofertar uma proposta, o Banco Inter levará em consideração todas as informações do cliente, como por exemplo: renda mensal, valor do bem a ser adquirido.

Depois de propor o crédito, o Banco Inter irá pedir para a Melhortaxa comunicar sobre o envio de alguns documentos pessoais importantes para transação. Com todos os documentos em dia, o credor fará uma avaliação do imóvel com o intuito de verificar se não há nenhuma anormalidades. Ao mesmo tempo, serão emitidas as certidões que irão ajudar na análise jurídica e dar prosseguimento na contratação.

Com todas as análises de crédito e jurídicas aprovadas, a Melhortaxa irá marcar um encontro entre o representante do Banco Inter e o cliente para ambas as partes assinarem o contrato.

Por último, tendo o termo de contratação em mãos, precisa ser registrado em cartório para que finalmente o crédito imobiliário seja liberado. Com isso, as parcelas começam a ser pagas mensalmente.

Os documentos necessários para a solicitação são:

  • CPF;
  • Comprovante de residência emitido nos últimos três meses;
  • Certidão de Nascimento ou de Casamento;
  • Declaração de Saúde.

Já durante a comprovação de renda o credor pode solicitar os documentos:

  • Extrato bancário ou holerites de pagamento (caso a pessoa trabalhe com carteira assinada) dos últimos três meses;
  • Declaração Anual de Imposto de Renda do ano vigente e seu recibo.