O Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), é cobrado apenas por todos os estados brasileiros. Distribuindo a verba com metade da arrecadação para o governo local e outra parte para o município. O IPVA do sudeste, pode ser cobrado não só dos veículos terrestres, mas também de aeronaves e barcos.

Com alíquotas chegando a 4% IPVA do sudeste é um dos mais caros do Brasil
Com alíquotas chegando a 4% IPVA do sudeste é um dos mais caros do Brasil

Cada estado cobra uma alíquota diferente do imposto, e varia de 1% a 4% do valor venal do veículo para todas as categorias e/ou “cilindrada” do veículo. No caso do sudeste as alíquotas chegam a 4% para veículos de passeio.

Alguns estados definem o o valor a ser pago de acordo com a potência dos veículos, já outros estados, definem as alíquotas de acordo com a categoria de uso do automóvel. Por exemplo, se é uma moto, caminhão, ou carro.

Lei mais: IPVA de Minas Gerais: inadimplência gera graves restrições aos motoristas 

A falta de licenciamento do veículo pode gerar multa de trânsito ou em casos mais graves a apreensão do veículo. O que acarretará em ainda mais despesas, como por exemplo, o pagamento de diárias pelos dias que o carro ficar retido no pátio do Detran, sua remoção, além dos débitos pendentes.

Os vencimentos e descontos também variam de acordo com o estado, assim como o parcelamento ou não do imposto. O valor venal utiliza como base a tabela Fipe para definir a quantia dos veículos semi novos, para os transportes zero quilômetro é considerado o preço da nota fiscal.

Como fazer o cálculo do IPVA do sudeste:

Primeiramente, é necessário saber o modelo e ano do veículo em questão e encontrar as informações na tabela para saber o valor de mercado. Em seguida, é preciso aplicar a alíquota sobre o valor venal, como no exemplo abaixo:

  • Valor venal do veículo: exemplo: R$ 20.050;
  • Alíquota: 4%;
  • Cálculo: 20.050 x 0,02 = R$ 802 é o valor que será cobrado no IPVA.

O boleto para pagamento do imposto estará sempre disponível no site da Sefaz a partir do primeiro dia do ano que o mesmo será cobrado. Caso a pessoa escolha fazer o parcelamento, ela só irá receber o licenciamento anual do veículo quando quitar a última parcela.

As alíquotas variam de acordo com o tipo de veículo, mas nos estados que compõem a região, o IPVA do sudeste tem praticamente a mesma tabela. Em Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro a cobrança chega a 4% para carros de passeio. O Espírito Santo tem a menor cobrança, com 2% sobre os mesmos veículos.