A Caixa Econômica Federal anunciou a antecipação de pagamentos para todos os trabalhadores do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A liberação, que estava prevista até o mês de março de 2020, agora acontece de outubro até dezembro deste ano, conforme a data de nascimento dos cadastrados. A alteração no calendário do FGTS foi divulgada nesta segunda-feira (21).

Caixa altera calendário para recebimento do FGTS;
Caixa altera calendário para recebimento do FGTS;

Os saques do fundo de garantia estão vinculados as contas ativas e inativas, limitados a até R$ 500 por conta. Aqueles que possuem poupança na Caixa, e os correntistas que liberaram o crédito, tiveram os valores depositados automaticamente até o dia 9 de outubro.

Já para quem não tem cadastro, a retirada pode ser feita pelos canais de atendimento do banco (lotéricas, agências, caixas de autoatendimento e correspondentes bancários). Por meio de um outro calendário FGTS definido pela rede bancária.

Leia também: Calendário do FGTS: data limite para saque vai até março/2020

Veja a partir de quando poderá sacar até R$ 500 no calendário FGTS:

Calendário para quem NÃO é cliente da Caixa:

  • Nascidos em janeiro: a partir de 18 de outubro;
  • Nascidos em fevereiro e março: a partir de 25 de outubro;
  • Nascidos em abril e maio: a partir de 8 de novembro;
  • Nascidos em junho e julho: a partir de 22 de novembro;
  • Nascidos em agosto: a partir de 29 de novembro;
  • Nascidos em setembro e outubro: a partir de 6 de dezembro;
  • Nascidos em novembro e dezembro: a partir de 18 de dezembro.

Calendário para quem tem poupança na Caixa:

  • Nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril: recebem a partir de 13/09/2019;
  • Nascidos em maio, junho, julho e agosto: recebem a partir de 27/09/2019;
  • Nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro: recebem a partir de 09/10/2019.

Calendário para quem tem conta-corrente na Caixa:

  • Nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril: se autorizaram até 08/09, recebem em 13/09;
  • Nascidos em maio, junho, julho e agosto: se autorizarem até 22/09, recebem em 27/09;
  • Nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro: se autorizarem até 04/10, recebem em 09/10.

Para todos os casos o fim do calendário FGTS é marcado para o dia 31 de março de 2020. Os trabalhadores que não tiverem interesse em receber o benefício, e não participarem do saque até essa data, terão o crédito estornado para o fundo automaticamente.

Até o momento, foram pagos mais de 15,4 bilhões de reais em saques do fundo de garantia para cerca de 37,3 milhões de trabalhadores (40% do total). Outra medida anunciada na última segunda-feira (21), foi o fim da cobrança de taxa pela eventual solicitação de TED para outro banco após saque imediato do FGTS no guichê da instituição. Antes, o custo da TED era de 22 reais.