Os segurados que recebem benefício vitalício do INSS, sabem que todos os anos é necessário realizar a prova de vida. Comprovando que estão vivos e que podem continuar recebendo o valor mensal. Para isso, normalmente procuram a agência bancária responsável pelos depósitos dos créditos ou um posto de atendimento da Previdência Social. A novidade é que para este ano os segurados poderão realizar o procedimento utilizando seu celular, por meio do aplicativo Meu INSS.

A ideia é facilitar os atendimentos, poupando o tempo dos beneficiados, e até mesmo evitando que adoentados necessitem comparecer até um ponto de atendimento com poucas condições para isso. O App está disponível para aparelhos com sistema Android e IOS, e vai reconhecer o titular do benefício por meio da sua impressão digital e até mesmo por seu rosto.

A ferramenta de reconhecimento biométrico foi desenvolvida pelo Dataprev, e até o momento 700 pessoas já testaram o método em 15 cidades. No entanto, foram encontradas algumas falhas que de acordo com André Cortez, diretor de Relacionamento e Negócios da Dataprev, serão solucionadas para que todos consigam acessar o serviço.

O procedimento é obrigatório, e moradores do exterior realizam o processo encaminhando documentos para a sede do INSS no Brasil, por intermédio do consulado ou assinando um termo para que a prova seja realizado por terceiros. Com o serviço eletrônico esses segurados também serão beneficiados, a ideia é que até o fim deste ano todos conseguam ter acesso ao serviço.

Hoje, o aplicativo Meu INSS permite que sejam realizadas consultas, extrato e histórico, agendamento de atendimentos presenciais e verificação de resultados.