A Caixa Econômica Federal iniciou o pagamento de até R$500 por conta, ativa ou inativa, do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Os pagamentos fazem parte de uma Medida Provisória divulgada pelo governo federal em julho, permitindo que os trabalhados que têm direito ao fundo de garantia recebam parte do valor disponível.

Dependendo da quantia total, é possível receber mais do que o mínimo. Por exemplo, possuindo três contas com até R$500, o trabalhador pode sacar R$1.500. Pelo menos 33 milhões de brasileiros vão iniciar o recebimentos neste primeiro calendário, conforme divulgou a Caixa.

A rede bancária criou dois cronogramas para atender todos os beneficiados. A equipe do FDR reuniu informações importantes sobre o saque, a fim de sanar todas as dúvidas.

Quem pode sacar o FGTS nessa sexta-feira?

A partir de hoje, 13, todos os trabalhadores que têm conta poupança na Caixa e nasceram nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril, podem receber o valor. Além dos correntistas que até o dia 8 de setembro autorizaram a antecipação do crédito por meio do aplicativo e canais de atendimento do banco.

Quais os próximos dias permitidos para saque?

A Caixa organizou um calendário com base no mês de nascimento do beneficiado, e dividiu os cronogramas entre vinculados com a rede e trabalhadores com conta em outros bancos. O calendário funciona assim:

Calendário para quem tem conta poupança na Caixa (e correntistas que autorizaram o saque):

  • Aniversário em janeiro, fevereiro, março e abril: crédito em conta a partir de 13/09/2019;
  • Aniversário em maio, junho, julho e agosto: crédito em conta a partir de 27/09/2019;
  • Aniversário em setembro, outubro, novembro e dezembro: crédito em conta a partir de 09/10/2019.

Calendário para quem não tem conta poupança na Caixa (e correntistas que não anteciparam o saque):

  • Aniversário em janeiro: saque a partir de 18/10/2019;
  • Aniversário em fevereiro: saque a partir de 25/10/2019;
  • Aniversário em março: saque a partir de 08/11/2019;
  • Aniversário em abril: saque a partir de 22/11/2019;
  • Aniversário em maio: saque a partir de 06/12/2019;
  • Aniversário em junho: saque a partir de 18/12/2019;
  • Aniversário em julho: saque a partir de 10/01/2020;
  • Aniversário em agosto: saque a partir de 17/01/2020;
  • Aniversário em setembro: saque a partir de 24/01/2020;
  • Aniversário em outubro: saque a partir de 07/02/2020;
  • Aniversário em novembro: saque a partir de 14/02/2020;
  • Aniversário em dezembro: saque a partir de 06/03/2020.

Sou correntista, mas não autorizei o saque antecipado, ainda tenho tempo?

A princípio a Caixa havia definido como prazo final para solicitar a antecipação do crédito o dia 25 de agosto. Mas, prorrogou esse período e definiu um novo cronograma baseado no mês de nascimento dos correntistas. Quem perdeu o primeiro prazo, que concedia o pagamento para essa sexta-feira (13), pode solicitar o fundo para recebimento na próxima data.

  • Nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril: se autorizaram até 8/9, recebem em 13/9;
  • Nascidos em maio, junho, julho e agosto: se autorizarem até 22/9, recebem em 27/9;
  • Nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro: se autorizarem até 4/10, recebem em 9/10.

Como devo fazer o saque?

Quem tem conta na Caixa pode comparecer até os terminais eletrônicos para sacar o fundo, mediante cartão e inserção de senha. O crédito vai ser depositado de forma automática nas contas. Os trabalhadores sem vínculo com a rede devem contar com o atendimento nos guichês das agências, apresentando documento de identificação.

As casas lotéricas também realizam os pagamentos, do total de R$500 para quem estiver com o cartão, documento e inserir a senha. E de até R$100 para os trabalhadores que apresentarem apenas o documento de identificação.

Em qual horário posso ir até a agência?

A Caixa criou um plantão de atendimento a fim de atender a demanda de saques. Neste sábado, dia 14, a maioria das agências vão abrir entre 9h e 15h. E na semana seguinte iniciarão os atendimentos duas horas mais cedo, a partir das 9h.

O outro plantão acontece no sábado 28, em outubro os dias escolhidos foram 19 e 26. Para novembro 9 e 23, e em dezembro os plantões serão feitos nos dia 7 e 21.

Há restrições no uso do meu dinheiro?

Não, o fundo de garantia pode ser usado da maneira como o trabalhador optar. Pagando dívidas, fazendo compras, investindo ou poupando. O governo estima que apenas esse ano a liberação renda ao país um engajamento de R$30 bilhões na economia.

A escolha pelo saque faz com que eu perca algum direito?

Pode ficar tranquilo, optar pelo saque parcial não extingue o direito ao saque total do fundo de garantia em caso de demissão sem justa causa. O único efeito colateral é que caso esse seja o único dinheiro poupado, a conta fica zerada, aguardando novos saques do emprego atual.