Bastou o Banco PAN anunciar os planos de conceder conta digital aos seus correntistas que as ações da rede subiram pelo menos 300% na bolsa de valores de São Paulo. Deixando especialistas no setor impressionados com tamanho resultado, muito bem visto pelos investidores. O aplicativo deve ser incluso nas lojas dos sistemas operacionais IOS e Android, até o fim desse mês.

Como as grandes marcas o PAN não vai exigir tarifas dos seus agenciados, e o objetivo é fazer com que a utilização virtual dos créditos seja mais fácil, atraente e prática. Os documentos, tempo de espera na fila, busca por soluções e tantas outras questões resolvidas presencialmente, serão substituídas por uma boa conexão com a internet e ferramentas digitais.

A marca é gerenciada pelo BTG Digital e a Caixa Econômica Federal, destinada principalmente para brasileiros que pertencem a classe C, D e E. Trabalhando com o oferecimento de crédito pessoal e financiamento de bens, a conta em aplicativo seria mais um diferencial para os seus serviços. Atualmente são 4,5 milhões de pessoas ligadas a financeira, e outros 2 milhões que liquidaram seus créditos nos últimos dois anos.

Em entrevista concedida ao portal Seu Dinheiro, o presidente do Banco PAN, Luiz Francisco Monteiro, disse que as expectativas para a conta digital são as melhores. Inicialmente ele trabalha com a possibilidade de pelo menos 1 milhão de clientes no período de 1 ano, mas acredita que esse valor pode ser ainda maior. A ideia, segundo Monteiro, é fazer com que as pessoas se relacionem com a marca muito além do seu setor de financiamento, mas que sintam o desejo de estar ativo dentro do banco. Para isso, eles têm trabalhado em melhorias e novidades para o lançamento do aplicativo.

“Vamos lançar um MVP [versão inicial] em setembro, onde o cliente vai poder abrir a conta. Se quiser, ele poderá transferir e receber o salário ou aposentadoria conosco”, disse.

Além da conta, o presidente também promete que por meio do aplicativo o cliente consiga ter cartão de crédito e débito, realize o pagamento de boletos, transferências e tenha a oportunidade de solicitar crédito pessoal e cheque especial.